Niassalândia

Descrição

Em preparação para a esperada conferência de paz após a Primeira Guerra Mundial, na primavera de 1917, o Ministério das Relações Exteriores britânico criou um departamento especial responsável pelo planejamento de informações de base que seriam usadas pelos delegados britânicos durante a conferência. Niassalândia é o Número 95 em uma série de mais de 160 estudos produzidos por este departamento, a maioria dos quais foi publicada após a conclusão da Conferência de Paz de Paris, em 1919. Niassalândia (atual Malawi) foi assim denominada por causa do Lago Niassa. Em setembro de 1859, o explorador e missionário escocês David Livingstone se tornou o primeiro europeu a avistar o lago, o terceiro maior da África. Logo em seguida as atividades missionárias e comerciais britânicas aumentaram. Na década de 1880, Portugal reivindicou o território em virtude de sua presença na colônia vizinha de Moçambique. A Grã-Bretanha resistiu às reivindicações portuguesas e em 14 de maio de 1891 proclamou um protetorado sobre Niassalândia. O livro trata de geografia política e física, história política, condições sociais e políticas, e condições econômicas. Ele inclui uma breve discussão sobre os diferentes grupos étnicos e linguísticos da população, cuja formação mudou bastante ao longo do século passado como consequência de ataques de escravos e migrações tribais. A seção econômica destaca a rede de transporte inadequada e discute os vários planos para complementar a única ferrovia existente, a Ferrovia Shire Highlands, que ia de Blantyre a Port Herald (atual Nsanje), e de Port Herald ao Rio Zambeze, em Moçambique, com extensões e outras linhas. Os principais cultivos agrícolas do protetorado aparecem listados como café, algodão, chá e fibras. A Niassalândia se tornou parte da Federação da Rodésia e Niassalândia em 1953 e, após a dissolução da federação, alcançou independência total em 6 de julho de 1964 como a República do Malawi.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

H.M. Stationery Office, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Nyasaland

Tipo de Item

Descrição Física

94 páginas incluindo tabelas; 22 centímetros

Observações

  • Da série: Manuais da Paz

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 14 de novembro de 2017