Guiné Francesa

Descrição

Em preparação para a esperada conferência de paz após a Primeira Guerra Mundial, na primavera de 1917, o Ministério das Relações Exteriores britânico criou um departamento especial responsável pelo planejamento de informações de base que seriam usadas pelos delegados britânicos durante a conferência. Guiné Francesa é o Número 103 em uma série de mais de 160 estudos produzidos por este departamento, a maioria dos quais foi publicada após a conclusão da Conferência de Paz de Paris, em 1919. A colônia da Guiné Francesa foi estabelecida no final do século XIX, quando a França adquiriu territórios na costa ocidental da África através de tratados com habitantes locais e definiu as fronteiras daqueles territórios com as colônias britânicas (Serra Leoa) e portuguesas (Guiné Portuguesa, atual Guiné-Bissau) vizinhas, bem como com o Estado independente da República da Libéria. Em 1904, a Guiné Francesa tornou-se parte do governo-geral da África Ocidental Francesa. O livro trata de geografia política e física, história política, e condições econômicas. (As condições sociais e políticas foram tratadas no número 100 em uma série, África Ocidental Francesa.) A população da colônia em 1916 foi estimada em 1.808.893, constituídos pelos principais grupos étnicos Fula, Mandinka (isto é, Malinqué) e Susu. A população total europeia era de apenas 1.166. A economia da colônia baseava-se principalmente na produção de borracha, que era responsável por 73% das exportações no período de 1900 a 1914. O apêndice inclui fragmentos dos principais tratados que definem as fronteiras da colônia e tabelas com estatísticas comerciais detalhadas. A Guiné Francesa tornou-se a independente República da Guiné em 2 de outubro de 1958.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

H.M. Stationery Office, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

French Guinea

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

69 páginas: tabelas; 22 centímetros

Observações

  • Da série: Manuais da Paz

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de setembro de 2017