Guiana Holandesa

Descrição

Em preparação para a esperada conferência de paz após a Primeira Guerra Mundial, na primavera de 1917, o Ministério das Relações Exteriores britânico criou um departamento especial responsável pelo planejamento de informações de base que seriam usadas pelos delegados britânicos durante a conferência. Guiana Holandesa é o Número 136 em uma série de mais de 160 estudos produzidos por este departamento, a maioria dos quais foi publicada após a conclusão da Conferência de Paz de Paris, em 1919. O livro trata de geografia política e física, história política, condições sociais e políticas, além de condições econômicas. Guiana Holandesa (atual Suriname) surgiu mediante a incontestável posse dos Estados da Zelândia (parte da confederação que formava os Países Baixos) em 1674, após um período de rivalidade com os britânicos nas guerras Anglo-Holandesas de 1665-1667 e 1672-1674. A população inicial da colônia incluía um grande número de colonos judeus, em sua maioria de origem portuguesa ou espanhola, que chegaram à Guiana vindos do Brasil, após os holandeses, que haviam recebido a comunidade judaica no Brasil, serem expulsos da colônia em 1654 pelos dominantes portugueses. O estudo observa a importância da agricultura de plantio para a economia, inicialmente com base na escravidão e na mão de obra importada da Índia Britânica e das Índias Orientais Holandesas. A população da Guiana Holandesa era notável por sua diversidade religiosa e étnica. A maior parte da população era cristã, sendo os menonitas o maior grupo. Missionários da Irmandade Moraviana saíram da Alemanha e vieram para a colônia no século XVIII, e em 1863, quando a escravidão foi abolida, estimava-se que três quartos da população negra eram menonitas. Também havia judeus descendentes dos colonizadores do século XVII, e grandes minorias de hindus e muçulmanos, descendentes principalmente de trabalhadores importados da Ásia no século anterior. A Guiana Holandesa se tornou a independente República do Suriname em 25 de novembro de 1975.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

H.M. Stationery Office, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Dutch Guiana

Tipo de Item

Descrição Física

83 páginas; tabelas; 22 centímetros

Observações

  • Da série: Manuais da Paz

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de setembro de 2017