Congo Belga

Descrição

Em preparação para a esperada conferência de paz após a Primeira Guerra Mundial, na primavera de 1917, o Ministério das Relações Exteriores britânico criou um departamento especial responsável pelo planejamento de informações de base que seriam usadas pelos delegados britânicos durante a conferência. Congo Belga é o Número 99 em uma série de mais de 160 estudos produzidos por este departamento, a maioria dos quais foi publicada após a conclusão da Conferência de Paz de Paris, em 1919. O Congo Belga (atual República Democrática do Congo, chamada Zaire de 1971 a 1997), era uma enorme colônia no sul da África, governada pela Bélgica de 1908 até 1960, quando se tornou uma república independente. De 1885 a 1908, era conhecido como o Estado Livre do Congo e administrado como propriedade privada do rei Leopoldo II da Bélgica. O livro trata de geografia política e física, história, condições sociais e políticas, e condições econômicas. A seção histórica narra o processo político e diplomático pelo qual Leopoldo, trabalhando através da Associação Internacional Africana e alegando estar agindo por motivos humanitários e filantrópicos, conseguiu assegurar a aceitação de potências europeias da sua soberania pessoal sobre esse vasto território. A obra menciona brevemente os maciços abusos sobre a população indígena documentados por pesquisadores e que resultaram na transferência de controle do rei para o Estado belga. Não há informações sobre o tamanho da diversificada população étnica e linguística. A seção econômica enfatiza a importância da produção de borracha e da mineração, especialmente de cobre, diamante e ouro, na colônia. O estudo conclui com uma “Observação sobre Katanga”, a grande província no sul, que, devido às características físicas, ao clima e às ligações ferroviárias, “não pode ser considerada como parte do Congo, mas pertencente à Rodésia”. Esta província foi especialmente importante para suas minas de cobre, e continua sendo um importante centro de mineração no atual Congo.

Última Atualização: 14 de novembro de 2017