Ilhas do Mar Egeu do Norte e do Leste

Descrição

Em preparação para a esperada conferência de paz após a Primeira Guerra Mundial, na primavera de 1917, o Ministério das Relações Exteriores britânico criou um departamento especial responsável pelo planejamento de informações de base que seriam usadas pelos delegados britânicos durante a conferência. Ilhas do Mar Egeu do Norte e do Leste é o Número 64 em uma série de mais de 160 estudos produzidos por este departamento, a maioria dos quais foi publicada após a conclusão da Conferência de Paz de Paris, em 1919. O livro abrange 24 ilhas no Mar Egeu, incluindo Quios, Samos, Rhodes, e Patmos. Situadas ao longo da costa da Ásia Menor (Turquia) e durante séculos governadas por turcos otomanos, essas ilhas eram habitadas principalmente por gregos étnicos. A maioria das ilhas foi ocupada pela Grécia na Primeira Guerra Balcânica, de 1912 a 1913. Rhodes, Kos e o arquipélago Dodecaneso foram tomados pela Itália na Guerra Ítalo-Turca, de 1911 a 1912. O capítulo I discute geografia física e política. O capítulo II apresenta um breve panorama da história política das ilhas, dos períodos clássicos e bizantinos à véspera da Primeira Guerra Mundial. Os capítulos III e IV tratam, respectivamente, de condições políticas e sociais e condições econômicas. O apêndice inclui tabelas com estatísticas detalhadas sobre transporte e comércio exterior.

Última Atualização: 11 de setembro de 2017