Retrato de Ono Ranzan

Descrição

Tani Bunchō (1763 a 1840) foi um pintor característico do final do período Edo, que, segundo consta, aperfeiçoou o Edo Nanga, uma escola de pintura japonesa que prosperou nesse período. O objeto de sua pintura, Ono Ranzan (1729 a 1810), foi um especialista renomado na farmacognosia tradicional (estudo dos medicamentos derivados de fontes naturais) da época. Ranzan pediu a Bunchō que pintasse seu retrato um ano antes de sua morte. Primeiramente, Bunchō criou um esboço do perfil direito de Ranzan, que, insatisfeito, insistiu que a corcunda em seu ombro esquerdo era um sinal de sorte e que deveria aparecer no retrato. Em resposta ao pedido de Ranzan, Bunchō recomeçou a pintura, retratando seu perfil esquerdo. O retrato é uma obra surpreendente que ilustra o espírito intacto de Ranzan, cuja dedicação aos estudos foi ininterrupta até o último estágio de sua vida.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

蘭山翁画像

Tipo de Item

Descrição Física

1 rolo; 39,8 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 19 de junho de 2017