Akogi

Descrição

Noh é uma arte performática clássica japonesa desenvolvida em sua forma atual durante os séculos XIV e XV, sob o patronado do xogunato. Ela se tornou o passatempo preferido das classes dominantes no Japão. O teatro Noh consiste em dança e música. Um utai-bon (livro de letras) era feito para cada canção da peça. O teatro Noh atingiu o auge de sua popularidade no século XVII; muitos utai-bon, ou libretos de Noh, foram publicados naquela época. Mostra-se aqui uma parte de um utai-bon do estilo Kanze-ryū, uma das escolas do teatro Noh, impresso com tipos de madeira durante a era Keichō (1596 a 1615). A obra inclui 100 poemas em 100 volumes, e este é um deles, intitulado Akogi ou Akoki. Os tipos usados são do estilo da escola Kōetsu. Os utai-bon da escola Kōetsu podem ser classificados em vários grupos, de acordo com a decoração e o estilo de impressão. Este livro é do “estilo especial”, já que conta com padrões semelhantes à mica na capa e nas páginas internas. Por serem todos decorados de forma delicada, estes livros em estilo especial são os mais belos da escola Kōetsu. Akogi empresta seu nome da baía de Akogi-ga-ura, que era o domínio sagrado do Templo Ise (na porção sudeste da ilha principal de Honshū), onde a pescaria era proibida. Nesta peça Noh, o fantasma de um pescador que foi condenado à morte por afogamento por pescar secretamente na baía conta a história de sua agonia. O relato das tragédias pessoais dos fantasmas, ou de almas penadas, é um dos padrões narrativos mais característicos do teatro Noh.

Última Atualização: 19 de junho de 2017