Mapa geográfico do norte da Grécia moderna

Descrição

A longa legenda deste mapa em latim do norte da Grécia explica que este retrata “as províncias da Macedônia, Tessália e Albânia. Nesta última província, o lar do povo montenegrino, localizado no condado de Zenta, é indicado, juntamente das regiões e ilhas adjacentes, desenhados pelas novas e muito recentes tropas auxiliares, de acordo com as regras de projeção corretas usadas na presente guerra”. Em 1770, quando o mapa foi publicado, estas terras eram todas parte do Império Otomano. Zenta, ou Zeta, refere-se ao principado medieval localizado no território que hoje pertence principalmente a Montenegro. A “presente guerra” refere-se à Guerra Russo-Turca de 1768 a 1774, um de uma série de conflitos entre os russos e os turcos pelo controle do sudeste europeu. As linhas coloridas são usadas para marcar as fronteiras das províncias otomanas. Três escalas de distância são fornecidas: milhas alemãs, italianas e húngaras. O mapa foi publicado em Nurembergue, na Alemanha, pela empresa de Homännische Erben, isto é, os sucessores dos gravadores e editores de Nurembergue, Johann Baptist Homann (1663 a 1724), e seu filho, Johann Christoph Homann (1703 a 1730).

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Homann Erben, Nuremberg, Alemanha

Idioma

Título no Idioma Original

Mappa Geographica Graeciae Septentrionalis Hodiernae sive Provinciarum Macedoniae, Thessaliae et Albaniae in qua ultima Provincia Habitationes sitae Gentis Montenegrianae in Comitatu Zentanensi expressae sunt, unacum finitimis Regionibus atque Insulis

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa; 57 x 44 centímetros

Observações

  • Escala linear 1.330.000

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 25 de abril de 2014