Turquia europeia como palco da guerra entre turcos e russos

Descrição

Este mapa mostra a parte sudeste da Europa durante a Guerra da Crimeia (1853 a 1856), que colocou a Rússia contra o Império Otomano (Turquia) e seus aliados Reino Unido, França e Sardenha. As potências da Europa Ocidental apoiaram os turcos a fim de bloquear a expansão russa na região do Mar Negro, que acreditavam ameaçar as posições que ocupavam no Oriente Médio e no Mediterrâneo. Muitas das principais batalhas da guerra foram lutadas na Península da Crimeia, ao sul da Rússia, que, ironicamente, não é exibida neste mapa do “palco da guerra”. O conflito terminou com o Tratado de Paris, assinado em 30 de março de 1856, em que a Rússia foi forçada a desistir do território que havia capturado dos otomanos. O código de cores é usado para indicar os Impérios Russo, Austríaco e Turco, além da Grécia, que garantiu sua independência do Império Otomano em 1832, da Moldávia e dos principados da Valáquia (atual Romênia), Sérvia e Montenegro. Estes últimos eram territórios nominalmente suseranos dos otomanos, mas efetivamente autônomos e sob influência russa. O mapa inserto na parte inferior esquerda mostra Constantinopla (Istambul), a capital otomana. Uma única escala de distância é fornecida, em quilômetros, refletindo a padronização ocorrida com o crescente uso do sistema métrico a partir de meados do século XIX.

Última Atualização: 24 de maio de 2017