Estados do Império do Grande Senhor, também conhecido como Sultão e Imperador dos Turcos Otomanos, em três partes do mundo: Europa, Ásia e África

Descrição

Jacques Chiquet (1673 a 1721, aproximadamente) foi um cartógrafo francês que publicou dois atlas, ambos em 1719: Le Nouveau et Curieux Atlas Geographique et Historique (Novo e curioso atlas geográfico e histórico), um atlas mundial com 24 mapas; e Noveau Atlas Francais (Novo atlas francês), um atlas da França com 15 mapas. Apresenta-se aqui o mapa de Chiquet do Império Otomano, que abrangia partes dos três continentes do Velho Mundo: Europa, Ásia e África. Na parte inferior esquerda, há um pequeno mapa inserto que exibe a extensão do território otomano ao longo da costa do Norte da África, além dos limites do mapa principal. Também está incluída uma tabela que lista os imperadores otomanos, de Osman I (1258 a 1326) a Ahmed II (1643 a 1695). Uma nota curiosa na parte central inferior do mapa diz respeito ao Nilo e às suas fontes. A nota afirma que os antigos não haviam sido capazes de descobrir o manancial do rio, mas que tal honra devia ser atribuída a Pierre Pais (Pedro Páez), Alphonse Mendez (Alfonso Mendes) e outros padres jesuítas que trabalharam na Etiópia no início do século XVII. Os jesuítas, na verdade, haviam identificado o Nilo Azul, uma das principais fontes do rio; as origens do Nilo Branco não foram encontradas pelos europeus até o século XIX.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Paris

Idioma

Título no Idioma Original

Estats de l'Empire du grand seigneur dit sultan et Ottomans empereur des Turcs dans trois parties du Monde sçavoir en Europe, en Asie, et en Afrique

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa; 29 x 21 centímetros

Observações

  • Escala linear 29.600.000

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 25 de abril de 2014