A Eneida

Descrição

Esse livro é a primeira obra impressa da nova literatura ucraniana escrita em linguagem popular. Ele apresentou o povo ucraniano ao mundo, descrevendo sua história, linguagem, tradições, fé e visões de ética e estética com base em materiais derivados da vida social na Ucrânia no final do século XVIII e início do século XIX. A obra é baseada na Eneida, o poema épico do poeta romano Virgílio (entre 70 e 19 a.C., aproximadamente), mas o autor, Ivan Petrovych Kotlyarevsky, transforma os heróis antigos de Virgílio em cossacos ucranianos. O autor usa uma forma poética que era nova naquela época: estrofes decassílabas de tetrâmetros iâmbicos com alternância de rimas. A obra fez muito sucesso entre os leitores contemporâneos causando a substituição da antiga linguagem livresca pela nova linguagem popular da Ucrânia. Logo no início, a edição traz uma dedicatória que diz: “Para quem ama as palavras malorrussas.” Ao fim, há um dicionário de ucraniano-russo compilado por O. K. Kamenetzky, intitulado “Coleção de palavras malorrussas”. Malorrusso (que significa “pequeno russo”) foi um termo usado no império russo, agora obsoleto, para denotar a língua e o povo da Ucrânia. Essa é uma das cinco cópias da primeira edição da Èneida (A Eneida), de 1798, mantida pela Biblioteca Nacional Vernadsky da Ucrânia.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

M. Parpura, São Petersburgo

Título no Idioma Original

Енеида

Tipo de Item

Descrição Física

170 páginas

Referências

  1. Wolodomyr T. Zyla, “A Ukrainian Version of the ‘Aeneid’: Ivan Kotljarevs’kj’s ‘Enejida’,” Classical Journal, 67, number 3 (February–March 1972).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 24 de dezembro de 2013