O lecionário (Evangelho de Orsha)

Descrição

Esse Evangelho, que dizem ter sido criado em Polotsk (na atual Bielorrússia) na segunda metade do século XIII, é um dos monumentos mais antigos do alfabeto eslavo-cirílico e um dos manuscritos bielorrussos decorados mais antigos. Ele contém duas miniaturas coloridas com douração que retratam os evangelistas Lucas (verso do fólio 42) e Mateus (verso do fólio 123). As miniaturas refletem a influência do estilo bizantino do início do período paleólogo (relativo à última dinastia bizantina, que reinou entre 1259 e 1453) sobre a antiga arte bielorrussa. As imagens estão representadas com vivacidade em cores brilhantes. A obra tem dois cabeçalhos e 310 iniciais rubricadas, feitos com formas florais-geométricas e de animais, semelhante ao estilo da decoração dos manuscritos bielorrussos (o Evangelho de Polotsk, do século XII, e outras obras). O livro tem uma encadernação feita de painel de carvalho com três peças de bronze, divididas ao meio ao longo do comprimento. O manuscrito contém as leituras do ano inteiro, sem o início (os primeiros 25 fólios estão desaparecidos). Ele começa com uma leitura para o sábado da sétima semana após a Páscoa. Após a leitura do Evangelho, há um menológio (uma organização das leituras de acordo com os meses e dias dos santos) e os evangelhos matutinos dominicais (para o início da manhã). O manuscrito foi encontrado entre os bens que as tropas invasoras de Napoleão descartaram dos monastérios de Orsha (da atual Bielorrússia) em 1812. Ele foi doado ao museu da Academia Teológica de Kiev pelo proprietário de terras I. S. Melenevskyi em 1874 e, hoje, encontra-se nas coleções da Biblioteca Nacional Vernadsky da Ucrânia.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Евангелие апракос полный (Оршанское Евангелие)

Tipo de Item

Descrição Física

142 fólios: pergaminho; 194 x 264 milímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de outubro de 2017