Positivistas protestam contra a Guerra do Afeganistão

Descrição

Esse documento é um manifesto de uma página publicado pela Sociedade Positivista de Londres em protesto contra a Segunda Guerra Anglo-Afegã, que começou em novembro de 1878, quando a Grã-Bretanha, com medo do que via como uma influência russa crescente sobre a Ásia Central, invadiu o Afeganistão a partir da Índia Britânica. O texto declara: “Como positivistas, condenamos o princípio do nosso Império Indiano. Nós, portanto, desaprovamos todas as suas extensões... A atual invasão do Afeganistão parece ser ainda mais desprovida de justificativas que tantas outras agressões injustas por meio das quais nosso Império Indiano tem sido expandido de tempos em tempos. Não há, como houve em outros casos, nem mesmo a desculpa falsa de que sofremos qualquer dano causado pelos afegãos ou de que estamos interferindo com o propósito de melhorar suas condições”. O protesto é assinado, em nome da sociedade, por seu presidente, E. S. (Edward Spencer) Beesly. A Sociedade Positivista foi uma organização que militou pela reforma social, pelos direitos dos trabalhadores e contra o Império Britânico e a força da marinha britânica, aparentemente com base nos princípios articulados pelo filósofo francês Auguste Comte (1798 a 1857), o fundador do positivismo.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Positivist Protest against the Afghan War

Tipo de Item

Descrição Física

Uma página impressa; 21 centímetros

Referências

  1. Michel Bourdeau, "Auguste Comte," The Stanford Encyclopedia of Philosophy, http://plato.stanford.edu/entries/comte/.
  2. Martha S. Vogeler, “Beesly, Edward Spencer (1831–1915),” Oxford Dictionary of National Biography (Oxford: Oxford University Press, 2004).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016