O império e as expedições de Alexandre, o Grande

Descrição

Este mapa de 1833 em latim mostra as conquistas de Alexandre, o Grande (356 a.C. a 323 a.C.), cujo império se estendia desde a atual Grécia até o Afeganistão, passando pela Turquia e o Oriente Médio. Em 326 a.C., Alexandre decidiu que conquistaria a Índia, mas foi impedido quando seus exaustos exércitos se amotinaram às margens do Rio Hyphasis (hoje conhecido como Rio Beas), no norte da Índia. O mapa mostra as cidades que Alexandre fundou e nomeou em sua própria homenagem, incluindo Alexandria de Aracósia (Kandahar, Afeganistão), Alexandria Ariana (Herat, Afeganistão), Alexandria, no Egito, e muitas outras. Os nomes de lugares são mostrados em suas versões tradicionais latinas, como Arabia Deserta e Arabia Felix. Uma característica digna de nota do mapa é a inclusão, no canto inferior esquerdo, de três escalas com diferentes medições de distância usadas no mundo antigo, o Stadium Quorum, a Miliara Romana e as Leucae Gallicae. O mapa foi feito por Félix Delamarche, um engenheiro, geógrafo e fabricante de globos, filho do importante cartógrafo francês Charles-François Delamarche (1740 a 1817). Félix continuou o trabalho de seu pai e, em 1820, produziu o Atlas de la géographie ancienne et moderne (Atlas da geografia antiga e moderna), que foi usado pela academia militar francesa de Saint-Cyr e reimpresso várias vezes ao longo do século XIX.

Data de Criação

Idioma

Título no Idioma Original

Alexandri magni imperium et expeditiones

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa: colorido à mão, montado em linho; 27 x 41 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 24 de maio de 2017