Lhasa, Mosteiro de Drepung visto a partir do leste

Descrição

Esta imagem do mosteiro de Drepung (também encontrado como De-Pung, De-p'ung, Debang, Drabung, Dabung, Brebung ou Brasbung, em outras fontes), conforme visto a partir do leste, pertence a uma coleção de 50 fotografias do Tibete central, adquiridas em 1904 da Sociedade Geográfica Imperial Russa, em São Petersburgo, pela Sociedade Geográfica Americana. De acordo com W.W. Rockhill, em sua obra Tibete (1890), Drepung era o mosteiro mais populoso do Tibete. Em O budismo do Tibete ou lamaísmo (1899), L.A. Waddell escreve que ele era “o mais poderoso e populoso de todos os mosteiros do Tibete, fundado e nomeado em referência ao mosteiro tântrico indiano da 'Pilha de Arroz' (Sri-Dhanya Kataka), em Kalinga, e identificado com a doutrina de Kalacakra. Ele se situa a cerca de cinco quilômetros a oeste de Lhasa, contendo nominalmente 7000 monges”. As fotografias desta coleção foram tiradas por dois lamas budistas mongóis, G.Ts. Tsybikov e Ovshe (O.M.) Norzunov, que visitaram o Tibete em 1900 e 1901. Acompanham as fotos um conjunto de notas escritas em russo para a Sociedade Geográfica Imperial Russa, de Tsybikov, Norzunov e outros mongóis familiarizados com o Tibete central. Alexander Grigoriev, membro correspondente da Sociedade Geográfica Americana, traduziu as notas do russo para o inglês em abril de 1904.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Lhasa, Drepung Monastery from the East

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 fotografia; 5,5 x 8,5 polegadas

Referências

  1. W.W. Rockhill, Tibet (London: Royal Asiatic Society, 1890).
  2. L.A. Waddell, The Buddhism of Tibet or Lamaism (London: Luzac & Co, 1899).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 22 de março de 2016