Ruínas do Castelo de De-chen jong

Descrição

Esta vista das ruínas do castelo de De-chen jong, visto sobre o topo de um grande monte (também chamado De-ch'on jong, em outras fontes), é de uma coleção de 50 fotografias do Tibete central, adquiridas em 1904 da Sociedade Geográfica Imperial Russa, em São Petersburgo, pela Sociedade Geográfica Americana. De acordo com a nota do fotógrafo, as ruínas do castelo estavam no meio do caminho entre Lhasa e o mosteiro de Gah-Idan (também encontrado como Gah-Dan). As fotografias desta coleção foram tiradas por dois lamas budistas mongóis, G.Ts. Tsybikov e Ovshe (O.M.) Norzunov, que visitaram o Tibete em 1900 e 1901. Acompanham as fotos um conjunto de notas escritas em russo para a Sociedade Geográfica Imperial Russa, de Tsybikov, Norzunov e outros mongóis familiarizados com o Tibete central. Alexander Grigoriev, membro correspondente da Sociedade Geográfica Americana, traduziu as notas do russo para o inglês em abril de 1904.

Última Atualização: 22 de março de 2016