O moinho dos velhos

Descrição

Esta impressão satírica de folha única de 1852, representando “o moinho dos velhos”, é parte de uma coleção de 850 cartazes similares impressos em várias cidades suecas e hoje preservados na Biblioteca Nacional da Suécia. Estas impressões eram geralmente coladas no interior das tampas das caixas onde as pessoas guardavam seus pertences. A impressão à esquerda e os versos que a acompanham abaixo são dedicados ao “moinho para homens velhos”, e a impressão e os versos à direita são dedicados ao “moinho para as mulheres velhas”. Tais moinhos são considerados mágicos, de onde os velhos retornariam jovens e belos. No período anterior às principais inovações técnicas que levaram à produção em escala industrial de outros tipos de mídia impressa, xilogravuras coloridas à mão como esta circulavam amplamente e desempenhavam o mesmo papel que os tabloides de hoje. Usando superlativos, fontes atraentes e bordas decorativas embelezadas, cada folha conta uma história particular de uma maneira graficamente interessante. Produzidas rapidamente e sem a pretensão de um significado profundo, estas impressões populares tinham como intenção provocar, caricaturar, expressar indignação moral e apresentar lições didáticas com uma urgência que faltava aos jornais normais e que refletia as atitudes populares como outras poucas fontes faziam. Estas folhas únicas também continuam sendo uma fonte inestimável para o estudo da linguagem e de como ela se adaptou aos novos contextos sociais.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

P.A. Huldberg, Estocolmo

Idioma

Título no Idioma Original

Gubbqwarnen - Käringqwarnen

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

2 impressões em uma página: xilogravura, colorida à mão; 42 x 35 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 12 de fevereiro de 2016