Cinco livros das sentenças

Descrição

Este códice da Coleção Plutei da Biblioteca Medicea Laurenziana, em Florença, é uma compilação de textos relacionados à igreja cristã e à Espanha visigótica. Conforme se afirma no colofão, o volume foi originalmente feito para o Rei Matias Corvino, da Hungria (1443 a 1490). Ele inclui o Sententiarum libri V (Cinco livros das sentenças) de Taio Samuel (falecido em 683), seguido de uma coleção de escritos dos Patriarcas da Igreja escolhidos por Isidoro de Sevilha, bem como uma carta de Quiricus, bispo de Barcelona e, mais tarde, de Toledo, a Taio Samuel. Não se sabe muito acerca de Taio Samuel. Ele foi bispo de Saragoça de 651 a 683. Nesta, que é sua única obra conhecida, ele recorre aos ensinamentos de Santo Agostinho e de São Gregório, o Grande. Santo Isidoro de Sevilha (560 a 636, aproximadamente) foi um estudioso e teólogo que é considerado o último dos grandes Patriarcas da Igreja Latina. Ele foi muito influente ao longo da Idade Média, conhecido principalmente por suas Etymologiae (Etimologias). A Coleção Plutei consiste em aproximadamente 3000 manuscritos e livros da coleção privada da família Médici, que, encadernados em couro vermelho e acompanhados do brasão dos Médici, foram organizados sobre os bancos da Laurenziana quando a biblioteca foi aberta pela primeira vez ao público, em 1571. Cosme de Médici (1389 a 1464) possuía 63 livros entre 1417 e 1418, e sua coleção aumentou para 150, na época de sua morte. Seus filhos Pedro (1416 a 1469) e João (1421 a 1463) disputavam quem encomendava o maior número de manuscritos iluminados. Lourenço, o Magnífico (1449 a 1492), filho de Pedro, adquiriu um grande número de códices gregos e, a partir da década de 1480, encomendou cópias de todos os textos que faltavam na biblioteca com o objetivo de tornar o acervo dos Médici um importante centro de pesquisa. Após a expulsão dos Médici de Florença, em 1494, os livros foram subtraídos da família. João de Médici, eleito Papa Leão X em 1513, restituiu a coleção à família Médici, e outro papa Médici, Clemente VII (Júlio de Médici), encarregou-se da criação da Laurenziana.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Caii, vel Taionis, Caesaraugustanae urbis episcopi, cognomento Saorohelis, vel Samuhelis [...] Sententiarum libri V, quibus praemittitur Epistola noncupatoria

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

Pergaminho: 230 x 345 milímetros; 307 fólios

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de outubro de 2017