Saída da Alemanha da Liga das Nações. Carta de Konstantin von Neurath

Descrição

Em ouburo de 1933, nove meses após Adolf Hitler ser indicado chanceler da Alemanha, o governo alemão anunciou sua saída da Liga das Nações. A razão alegada foi a recusa das potências ocidentais em aquiescer às demandas da Alemanha por paridade militar. Com esta carta brusca, datada de 19 de outubro de 1933, o ministro das relações exteriores Konstantin Freiherr von Neurath informou ao secretário-geral da Liga das Nações, Joseph Avenol, da saída da Alemanha. A retirada alemã da organização internacional foi seguida de uma acumulação de poderio militar intensa (realizada em violação aos acordos internacionais); da renúncia ao Pacto de Locarno (1936); da tomada da Áustria (1938); e da anexação das províncias Boêmia e Morávia, da Tchecoslováquia (março de 1939). Estas ações culminaram no ataque alemão à Polônia, no dia 1 de setembro de 1939, e no início da Segunda Guerra Mundial. A carta é de um dos arquivos da Liga das Nações, que está preservado no gabinete das Nações Unidas em Genebra. Eles foram anexados ao registro da Memória do Mundo da UNESCO em 2010.

Última Atualização: 11 de setembro de 2017