Carta de Alfred Nobel a Bertha von Suttner, criando o Prêmio Nobel da Paz

Descrição

Alfred Nobel (1833 a 1896) foi um engenheiro e empresário de origem sueca conhecido por ter inventado a dinamite. Com 43 anos, Nobel colocou um anúncio em um jornal dizendo: “Homem de idade rico e de excelente educação busca senhora de idade madura, versada em línguas, para secretária e supervisora doméstica”. Uma mulher austríaca, a Condessa Bertha Kinsky, candidatou-se e ganhou o cargo. A condessa trabalhou para Nobel por um curto período, antes de retornar à Áustria e se casar com o Conde Arthur von Suttner. Bertha von Suttner tornou-se uma das ativistas pacifistas mais proeminentes no cenário internacional no final do século XIX e início do XX, escreveu o famoso livro Die Waffen nieder (Abaixem suas armas), publicado em 1889, e tornu-se vice-presidente do Gabinete Internacional da Paz. Nobel e von Suttner continuaram sendo amigos próximos e se correspondendo por décadas. Nesta carta, escrita em francês e datada do dia 7 de janeiro de 1893, Nobel destaca sua ideia de estabelecer um prêmio para aqueles que fizeram contribuições importantes para a causa da paz na Europa. A própria Bertha von Suttner recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1905, nove anos após a morte de seu amigo. A carta está preservada nos arquivos da Liga das Nações, em Genebra. Os arquivos foram anexados ao registro da Memória do Mundo da UNESCO em 2010.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

1 página, dobrada: escrita à mão e à tinta

Referências

  1. “Bertha von Suttner – Biographical,” http://www.nobelprize.org/nobel_prizes/peace/laureates/1905/suttner-bio.html, from Frederick W. Haberman, editor, Nobel Lectures, Peace 1901-1925 (Amsterdam: Elsevier Publishing Company, 1972).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 24 de maio de 2017