Cópia de uma hoondee em pagamento ao resgate de Moorcroft

Descrição

Esta fotografia de uma hoondee ou hundi pertence a um álbum de fotografias históricas raras representando pessoas e lugares associados com a Segunda Guerra Anglo-Afegã. Hundi ou hoondee é uma palavra em hindi que designa um instrumento financeiro negociável, como uma letra de câmbio ou nota promissória, por meio da qual o signatário autoriza o recipiente a pagar uma especificada soma em dinheiro a um terceiro. Este documento, em inglês e persa, é o pagamento de um resgate de 11.000 rúpias, assinado pelo explorador inglês William Moorcroft (1767 a 1825), em 20 de dezembro de 1824. Moorcroft foi um cirurgião e o primeiro inglês a concluir o curso de graduação formal em veterinária. Após trabalhar com cavalos na Inglaterra, em 1808, ele passou a ocupar um posto na Companhia das Índias Orientais. A busca por garanhões de qualidade para uso da companhia o levou a partes remotas da Ásia Central. Ele foi um dos primeiros exploradores britânicos a atingir as regiões do sudoeste do Himalaia, do Hindu Kush, de Samarcanda e do Afeganistão. Não se sabe onde e por quem a fotografia foi tirada, mas ela claramente representa uma tentativa, da parte de um fotógrafo posterior, de registrar um documento histórico importante relacionado a um dos primeiros exploradores britânicos na Ásia Central. A Segunda Guerra Anglo-Afegã começou em novembro de 1878, quando a Grã-Bretanha, temendo o que era visto como uma crescente influência russa sobre o Afeganistão, invadiu o país pela Índia Britânica. A primeira fase da guerra terminou em maio de 1879, com o Tratado de Gandamak, que permitiu aos afegãos manterem a soberania interna, porém forçando-os a ceder aos britânicos o controle sobre sua política externa. Os confrontos recomeçaram em setembro de 1879, após uma rebelião antibritânica em Cabul, terminando finalmente em setembro de 1880 com a decisiva Batalha de Kandahar. O álbum inclui retratos de líderes britânicos e afegãos, de militares e de cidadãos afegãos comuns; além de imagens de acampamentos militares britânicos, atividades, estruturas, paisagens, cidades e vilas. Todos os locais fotografados se encontram dentro das fronteiras dos atuais Afeganistão ou Paquistão (que era parte da Índia britânica, naquela época). Cerca de um terço das fotografias foi tirado por John Burke (entre 1843 e 1900, aproximadamente); um outro terço, por Sir Benjamin Simpson (1831 a 1923) e o restante por vários outros fotógrafos. Algumas das fotografias não indicam o nome do fotógrafo. O álbum possivelmente foi compilado por algum membro do governo da Índia britânica, mas isso não foi confirmado. Não se sabe como ele chegou até a Biblioteca do Congresso.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Copy of Moorcroft-Hoondee in payment of ransom

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotográfica em um álbum: albúmen

Referências

  1. Elizabeth Baigent, “Moorcroft, William (bap. 1767, d. 1825),” Oxford Dictionary of National Biography (Oxford: Oxford University Press, 2004).
  2. “Hundi/Hawala: The Problem of Definition,” Modern Asian Studies 43, number 4 (2009).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 30 de setembro de 2016