Guia para astronomia

Descrição

Esta cópia escrita à mão do Tian wen bei kao (Guia para astronomia) foi feita em 1790 por Pingbo, cujos selos se encontram na capa do primeiro dos dois juan. Não há nenhuma outra informação disponível sobre o copista. O primeiro juan é uma compilação de textos tirados de várias obras como Xing jing (Manual da estrela) de Shi Shen (350 a.C., aproximadamente), Tian wen xing zhan (Observação astronômica das estrelas) de Gan De (entre 475 e 221 a.C.), Shi ji (Os registros do grande historiador), Tian wen zhi (Tratado de astronomia) em Han shu (História dos Han Ocidentais), Sui zhi (História da dinastia Sui), Tian wen zhi (Tratado de astronomia) em Jin shu (História da dinastia Jin) e Bu tian ge (A canção das marchas dos céus), um poema astronômico do século VI, bem como outras obras antigas. A maior parte dos textos são de Jin shu tian wen zhi e Bu tian ge. O foco do primeiro juan, com ilustrações e versos, é nas três estrelas das constelações chinesas chamadas zi wei yuan (Recinto Roxo Proibido), tai wei yuan (Recinto do Palácio Supremo) e tian shi yuan (Recinto do Mercado Celestial). O autor desconhecido discute as diferentes teorias sobre essas estrelas e as diferenças entre elas nas obras Jin shu tian wen zhi e Bu tian ge. O texto também apresenta as 28 constelações chinesas em cang long (O Dragão Azul) a leste, xuan wu (A Tartaruga Negra) ao norte, bai hu (O Tigre Branco) a oeste e zhu niao (O Pássaro Vermelho) ao sul, com sete constelações em cada uma. Também estão incluídos textos de adivinhações e rimas, bem como uma ou duas ilustrações para cada constelação. As posições das constelações também estão demarcadas. O segundo juan introduz os sete planetas (o Sol, a Lua, Júpiter, Marte, Saturno, Vênus e Mercúrio). A informação fornecida vem principalmente das obras antigas, como Qian Han shu (História dos primórdios da dinastia Han), Shi jie Sui shu (História dinástica dos Sui), mas a descrição é mais detalhada que a informação fornecida no primeiro juan. Esta parte da obra também fornece informações sobre várias estrelas e continua com a teoria de fen ye (alocação de campo), explicando a associação entre as regiões celestiais e os reinos terrestres correspondentes na astrologia chinesa. A obra contém ilustrações de tabelas horárias do dia e da noite, com explicações dos lugares do nascer e do pôr do sol. Ela é concluída com observações diversas sobre astronomia. O conteúdo é complexo e inclui visões de mundo, ditos de escolas antigas, como a de Laozi, e pontos de vista sobre os calendários lunar e solar. A obra também menciona a Via Láctea, os movimentos dos qi zheng (os sete corpos celestes ou governadores, na teoria das diferentes fases do aumento e da diminuição da Lua), além da Lua e da Estrela Central.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Pingbo

Idioma

Título no Idioma Original

天文備考

Tipo de Item

Descrição Física

2 volumes, 2 juan; 24,2 x 17,3 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 24 de maio de 2017