Esfera armilar

Descrição

Zhang Heng (78 a 139 d.C.), natural de Xi’e, Nanyang (na atual província de Henan), foi um astrônomo, matemático, inventor e estudioso talentoso. Ele começou sua carreira como um oficial durante a dinastia Han Oriental (25 a 220). Controvérsias a respeito de seus pontos de vista e da rivalidade política com outros oficiais levaram-no a se aposentar e voltar para Nanyang, mas em 138 foi novamente convocado para o serviço na capital. Morreu um ano mais tarde. Ele recebeu honras póstumas por seus estudos e criatividade. Duas de suas obras representativas são Hun yi (Esfera armilar) e Ling xian (A constituição espiritual do universo). Zhang Heng aderiu à teoria cósmica antiga de Huntian sobre a esfera celeste, na qual os astrônomos chineses baseavam-se. Ele acreditava que o universo era redondo; a terra, quadrada e estática; as estrelas, o sol e a lua, enquanto isso, giravam pelo universo. A Biblioteca Central Nacional possui cópias de duas diferentes edições de sua obra. Esta é uma cópia revisada, em um juan, com sumplementos, datada de 1883 e impressa em Changsha, na oficina de Langxuanguan (Biblioteca do Imperador Celestial). A outra edição da biblioteca é datada de 1884. Ambas foram incluídas no catálogo da biblioteca privada do estudioso Qing, Ma Guohan (nascido em 1794), intitulado Yu han shan fang ji yi shu (Catálogo de livros ausentes na coleção de Yuhan Shanfang). Em 117, Zhang Heng criou a primeira esfera armilar do mundo abastecida com água. O globo celestial estava conectado a uma clepsidra do tempo, da qual a água caía em gotas, a fim de que o globo girasse regularmente. Fazia um ciclo em um dia, de modo que as pessoas que observavam o globo podiam localizar corpos celestes em diferentes horários. A esfera armilar tinha uma esfera interna e uma externa que giravam. Na superfície, foram gravados o Polo Sul, o Polo Norte, o equador, a eclíptica, os 24 termos solares, o sol, a lua e algumas estrelas. A esfera foi colocada em uma das câmaras imperiais durante o reinado do Imperador Wu de Liang (464 a 546) das Dinastias do Sul. Zhang Heng também inventou o primeirio sismômetro do mundo, chamado Hou feng di dong yi (Instrumento para a medição dos ventos sazonais e dos movimentos da Terra), que podia discernir a direção de um terremoto a 500 quilômetros de distância. Em seu abrangente catálogo de estrelas, Zhang Heng documentou cerca de 2.500 estrelas. Ele também desenvolveu teorias sobre a lua e suas relações com o sol, bem como sobre a natureza dos eclipses solares e lunares. Embora achasse que o céu possuía uma dura casca externa, ele acreditava que o cosmo, para além dessa casca, era infinito em espaço e em tempo.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Langxuanguan, Changsha, China

Idioma

Título no Idioma Original

渾儀

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 juan

Observações

  • Incluído na coleção Yu han shan fang ji yi shu (Catálogo de livros ausentes na coleção de Yuhan Shanfang).
  • A Biblioteca Digital Mundial apenas exibe o prefácio e parte do texto.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 24 de maio de 2017