Mapas de Shazhou, no condado de Jiangyin

Descrição

A terra em que Shazhou, do condado de Jiangyin, na província de Jiangsu (atual Zhangjiagang), está localizada foi formada por depósitos aluviais do Rio Yangtzé ao longo de um período de milhares de anos. À medida que a terra crescia e se modificava, os habitantes do local faziam pinturas da área, cuja aquisição era requerida às autoridades. As medições da estreita faixa de terra formada pelos depósitos do rio divergiam, e aqueles que buscavam obter terras frequentemente conspiravam com funcionários oficiais, resultando em processos legais e desordem. Dois oficiais, Wu Heng e Xie Cunbin, acompanhados pelo magistrado de Jiangyin, receberam finalmente a tarefa de fazer um levantamento e medições de Shazhou, incluindo os territórios recentemente adquiridos de Shouxingsha e Laosha. Os dois homens trabalharam com diligência, às vezes sob chuva e neve, para conseguir completar sua obra em cinco meses. Estes mapas contêm os resultados do levantamento. Suas estimativas foram de 61.200 mu (uma medida de terreno chinesa; 1 mu = 613,2 metros quadrados) de terra aluvial recém-adquirida, e 51.000 mu de terras adquiridas anteriormente. Em seguida, avaliaram a terra de acordo com os diferentes níveis de qualidade e enviaram seu relatório às autoridades. Além disso, eles gradualmente resolveram todas as disputas territoriais em aberto. Os pesquisadores usaram um antigo dispositivo de madeira em formato de arco para medir a área, seguindo a direção indicada por uma bússola magnética. Eles seguiram os seis princípios básicos de Pei para a projeção cilíndrica, levando em consideração a posição, as curvas e outros fatores relativos ao terreno. Vários inspetores do levantamento e dois cartógrafos, Chen Enqing e Huang Fushen, também contribuíram com o trabalho. Os mapas criados pelo levantamento estão divididos em três seções. A primeira mostra a terra recém-adquirida, com mais de 100 ilustrações, encadernada em dois volumes. Antes dos mapas, há um ensaio escrito por Wu Heng sobre a história da área. A segunda parte contém oito mapas, lidando com a terra cultivada, em um volume. A terceira seção lida, em dois volumes, com as terras da aquisição original, tendo o volume um 41 ilustrações representando Changyinsha, Wushansha e Dingtaosha, e o volume dois, 53 ilustrações representando Shouxingsha (sul e norte). Todas estas ilustrações foram executadas em um estilo extremamente refinado.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Jiangyin, China

Idioma

Título no Idioma Original

江陰沙洲分圖

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

5 juan, 5 volumes, 31,9 x 31 centímetros

Observações

  • A Biblioteca Digital Mundial exibe apenas o ensaio e o juan 2.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 24 de maio de 2017