Estudo do Edifício Woolworth, Nova York

Descrição

No dia 24 de abril de 1913, o presidente Woodrow Wilson pressionou um botão em Washington D.C., que iluminou pela primeira vez as mais de 5.000 janelas nos 60 andares do Edifícil Woolworth, o mais alto edifício do mundo naquela época. Localizado na Broadway, na baixa Manhattan, Nova York, o edifício foi um triunfo da tecnologia de construção e da proeza arquitetônica americana. Conhecido como “a Catedral do Comércio”, ele foi revestido em terracota arquitetônica brilhante, com um teto dourado chegando a 793 pés (233 metros). Mostra-se aqui um esboço da elevação do edifício, feito pelo seu arquiteto, Cass Gilbert (1859 a 1934). Gilbert nasceu em Zanesville, Ohio, e estudou no Instituto de Tecnologia de Massachusetts. Outros trabalhos importantes dele incluem o Edifício da Suprema Corte dos EUA, em Washington (1935), e os campi das Universidades do Minnesota e da Universidade do Texas, em Austin. O Edifícil Woolworth foi a sede da F. W. Woolworth Company, uma cadeia de lojas baratas fundada por Frank Winfield Woolworth (1852 a 1919) e seu irmão, Charles S. Woolworth (1856 a 1957). O edifício se tornou um símbolo internacional do espírito “tudo é possível” de Nova York e da América, no início do século XX.

Última Atualização: 24 de maio de 2017