Reconciliando a piedade e a justiça

Descrição

Este manuscrito é um caderno contendo o esboço de um sermão ou ensaio do pensador e professor copta Iryan Moftah (1826 a 1886) sobre o tema da reconciliação entre justiça e piedade. As notas do autor estão em uma cuidadosa caligrafia Ruqah, em papel de caderno comercial sem linhas, com furos para a inserção em uma pasta. O texto principal está bastante anotado, com citações bíblicas e emendas textuais nas margens. Algumas páginas estão faltando, assim como as últimas páginas do volume. O autor não é nomeado no texto, mas evidências internas e a inclusão do caderno entre os papéis de Moftah tornam a autoria praticamente certa. Moftah ataca a suposta contradição entre a justiça divina e a piedade divina, argumentando que a inclinação do homem para o pecado, refletida na desobediência de Adão e Eva, narrada no Gênesis, recebe como resposta a piedade e o perdão divinos. Iryan Moftah pertenceu a uma destacada família copta. Ele foi o líder de um movimento do século XIX pela reforma da administração da Igreja Copta e da linguagem litúrgica. Mais conhecido por sua influência sobre a reforma da liturgia copta, ele também foi um intelectual e pregador leigo. Seus manuscritos sobre assuntos religiosos, históricos e linguísticos estão preservados na Coleção Iryan Moftah da Universidade Americana do Cairo.

Última Atualização: 21 de julho de 2014