Calendário litúrgico armênio

Descrição

O Parzatumar (calendário litúrgico armênio) foi o segundo livro impresso em armênio, após o Urbathagirq (O Livro das Sextas-feiras). Ambos os livros foram publicados por Hakob Meghapart (Jacó, o Pecador), que, em 1512, se estabeleceu entre a comunidade armênia de Veneza e desenvolveu a primeira editora armênia. Nesta cópia, da Biblioteca Nacional da Armênia, as duas obras estão encadernadas conjuntamente. Pouco se sabe sobre Hakob Meghapart ou sobre os motivos que o levaram a se apresentar como “o Pecador” (ou “o Pecaminoso”). Naquela época, a Armênia estava sob o domínio dos turco-otomanos e a comunidade da diáspora desempenhou um papel central na preservação da língua e da tradição literária armênias. Escrito em Grabar (armênio clássico), o livro é um synaxarium, ou seja, uma coleção de breves biografias de santos, lidas como sermão no dia da celebração de um santo específico pela igreja. As páginas têm títulos e cada uma contém uma borda decorativa. São usadas dezesseis bordas decorativas, oito de um estilo e oito de outro. Essas bordas são usadas de uma maneira inovadora no Pataragatetr (Missal), também publicado por Hakob Meghapart. Há duas letras decorativas, uma em vermelho e a outra em preto. Um símbolo do impressor aparece no final da obra.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Editora de Hakob Meghapart, Veneza

Título no Idioma Original

ՊԱՐԶԱՏՈՒՄԱՐ

Tipo de Item

Descrição Física

59 folhas (118 páginas não numeradas); 16 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 29 de maio de 2013