Representantes do primeiro Parlamento do Irã

Descrição

Esta fotografia mostra os representantes do primeiro Majles (parlamento) iraniano à frente da academia militar, que foi usada como primeiro edifício do parlamento. Da década de 1870 ao início do século XX, as principais figuras políticas do Irã concluíram que a única maneira de salvar o país da corrupção do governo e da manipulação estrangeira era redigir um código de leis por escrito, uma atitude que estabeleceu a base da Revolução Constitucional Iraniana de 1905–1907. O movimento por uma constituição rendeu frutos durante o reinado de Muẓaffar ad-Dīn, Xá da dinastia Qajar, que subiu ao trono em junho de 1896. Sob pressão contínua dos proponentes de um governo constitucional, o Xá Muẓaffar ad-Din foi forçado a outorgar, em 5 de agosto de 1906, o decreto de constituição e criação do Majles (Assembleia Nacional Consultiva). Em 18 de agosto de 1906, a primeira assembleia legislativa, a Assembleia Nacional Suprema reuniu-se na academia militar nacional para se preparar para a abertura do primeiro termo da Assembleia Nacional Consultiva e redigir um documento preliminar da lei eleitoral parlamentar. Em 7 de outubro de 1906, o Xá abriu a primeira sessão do Majles (7 de outubro de 1906–23 de junho de 1908). A tarefa mais importante realizada pelo primeiro Majles foi redigir o documento preliminar e ratificar a Constituição, que foi concluída em 30 de dezembro de 1906. Esta sessão também estabeleceu os procedimentos internos do Majles e redigiu o documento preliminar das emendas constitucionais, ratificando-o em 17 de outubro de 1907.

Última Atualização: 14 de agosto de 2013