O incêndio na Igreja de Nossa Senhora

Descrição

Essa imagem de cores vívidas mostra o incêndio na Igreja de Nossa Senhora, a catedral de Copenhague, na noite de 4-5 de setembro de 1807, durante a guerra Anglo-dinamarquesa em 1807-1814. Os ingleses iniciaram a guerra em agosto de 1807, depois que os dinamarqueses se recusaram a entregar suas frotas que os britânicos temiam cair nas mãos da França Napoleônica. As tropas inglesas desembarcaram em solo dinamarquês em 2 de setembro e começara um bombardeio de três dias na cidade. Na terceira noite do ataque, a torre da catedral foi incendiada e queimou, desabando em algumas horas. Essa impressão de G.L. Lahde (1765–1833) baseia-se na pintura de 1807 de C.W. Eckersberg (1783–1853), que capturou a conflagração como vista em uma rua próxima. A Igreja de Nossa Senhora remonta a 1209, quando o santuário original foi construído de calcário no ponto mais alto da cidade. A igreja original foi destruída em um incêndio e reconstruída em 1316. Ela incendiou novamente no grande incêndio de 1728, mas foi novamente reconstruída em 1738. Mais tarde, foi reconstruída em 1807, depois do incêndio. Eckersberg estudou com Jacques-Louis David (1748-1825) em Paris, trabalhou em Roma e, em 1818, foi nomeado professor na Academia de Belas Artes de Copenhague. Ele é conhecido como o "pai da pintura dinamarquesa" por seu trabalho e influência na geração mais nova de pintores dinamarqueses.

Data de Criação

Informação da Publicação

Copenhague

Título no Idioma Original

Vor Frue Taarns Brand

Tipo de Item

Descrição Física

37,4 x 25,4 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 12 de fevereiro de 2016