Exegese de Abu al-Saʻud do Alcorão. Volume um

Descrição

Aqui mostramos o primeiro volume de uma quantidade desconhecida de volumes que formam o Irshād al-ʻaql al-salīm ilá mazāyá al-kitāb al-karīm (Guia da mente sã para as virtudes do nobre livro), mais conhecido como “Exegese de Abu al- Saʻud” do Alcorão. Ele contém os primeiros 18 capítulos do livro sagrado muçulmano e suas exegeses, começando com al-Fātiḥah (A abertura) e terminando com al-Kahf (A caverna). Parcialmente com base em exegeses anteriores, como as de al-Baydawi, al-Qurtubi, al-Wahidi e al-Baghawi, a obra de Abu al-Saʻud é conhecida por sua inclinação racional e análise linguística do Alcorão. Nascido de uma família culta perto de Kostantiniyye (nome turco-otomano para Constantinopla, atual Istambul, na Turquia), Abu al-Saʻud Muhammad ibn Muhammad al-ʻImadi (de 1492 ou 1493 a 1574 ou 1575), foi primeiro magistrado em Bursa e mais tarde em Constantinopla. Depois passou a ocupar o mais alto cargo religioso no Império Otomano e ostentou o título excepcional de sheikh al-Islam (xeque do islã). Algumas fontes destacam seu importante papel nas reformas no sistema judicial de todo o império, realizadas pelo sultão Suleiman al-Kanuni (Solimão, o Magnífico). Abu al-Saʻud faleceu em Constantinopla e foi sepultado no cemitério que construiu perto do túmulo do sahābī (Companheiro do profeta Maomé) Abu Ayub al-Ansari. Neste manuscrito, os títulos de suratas (capítulos) estão em dourado, com o texto principal em escrita nastaʻliq raqiq em tinta preta com algumas rubricas em papel vergê grosso na cor creme e com linhas traçadas verticais. O início de algumas suratas é marcado por fios de lã nas cores vermelho, preto, verde ou azul, colados para se sobressaírem da margem esquerda. A obra foi copiada na Turquia em 1592 por um escriba desconhecido.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

المجلد الأول من تفسير أبي السعود

Tipo de Item

Descrição Física

442 folhas, encadernado: papel; 26,5 x 17,5 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 27 de agosto de 2015