O tesouro das exatidões: sobre a doutrina do grande imame Abu Hanifah al-Nuʿman Ibn Thabit

Descrição

Kanz al-daqāʼiq (O tesouro das exatidões) é um resumo das prescrições legais islâmicas da lei xariá de acordo com a escola Hanafi. Ele abrange muitos aspectos de rituais e da vida pessoal, como a pureza durante a menstruação, bem como obrigações e procedimentos referentes ao casamento, divórcio, herança e outros aspectos das relações de gênero. A obra também abrange transações comerciais, contratos e alforria de escravos. O índice aparece em forma de matriz para facilitar a consulta aos diversos assuntos do livro. Não está claro se o autor, al-Nasafi (falecido em 1310), também conhecido como Abu al-Barakat al-Nasifi, era originário da Ásia Central ou da região centro-sul do Irã. Ele é conhecido por ter estudado direito com importantes pensadores e ter feito a peregrinação a Meca, tendo mais tarte viajado para Bagdá. Uma de suas obras, ‘Umdat ‘aqīdat ahl al-Sunnah (Pilares da crença sunita), foi editada e publicada na década de 1840 pelo estudioso britânico William Cureton (de 1808 a 1864). Há quatro escolas sunitas de fiqh (jurisprudência religiosa), todas nomeadas por seus respectivos fundadores, Abu Hanifah (por volta de 699 a 767), Malik ibn Anas (por volta de 711 a 795), al-Shafiʻi (de 767 a 820), e Ibn Hanbal (de 780 a 855). Cada uma dessas escolas baseia suas codificações jurídicas no Alcorão e na sunnah (ditos e práticas do profeta Maomé), além de regras para interpretar esses fundamentos de acordo com a mudança das ocasiões ou com novas condições. As quatro escolas se espalharam com a expansão geográfica do islã, e uma ou outra se tornou a escola principal em diferentes países ou regiões. Todas são mutuamente reconhecidas como escolas respeitáveis. O manuscrito foi encomendado por, ou dado como presente ao governador egípcio mameluco Jaqmaq (falecido em 1453). O título aparece dentro de um medalhão dourado com enfeites e o texto numa moldura vermelha, acompanhado por diversas notas marginais. Há danos causados ​​pela água ao longo do livro e o texto que estava faltando foi reparado ou substituído. Não há colofão informando data ou local onde a cópia foi feita.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

كنز الدقائق : على مذهب الإمام الأعظم أبي حنيفة النعمان بن ثابت الكوفي رضي الله عنه

Tipo de Item

Descrição Física

112 folhas: papel; 30,2 x 21,5 centímetros

Referências

  1. Sarkis, Yusuf Ilyan, Mu’jam al-matbu’at al-‘Arabiyah wa-al-Mu’arrabah (Dictionary of Arabic imprints). (Cairo: Sarkis, 1928).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 2 de fevereiro de 2016