Um livro até o momento inédito sobre os julgamentos das natividades de Abū ‘Alī, o astrólogo árabe

Descrição

Yaḥyá ibn Ghālib Khayyāṭ (falecido em 835, aproximadamente) foi um astrólogo e pupilo do grande astrólogo persa judeu Māshāʼallāh (entre 730 e 815, aproximadamente). Ele era conhecido no mundo cristão medieval como Albohali (variações incluem Alghihac e Albenahait). Ibn al-Nadīm inclui na lista de obras de Abu ʿAlī os livros Kitāb al-Masāʾil (O livro das interrogações) e Kitāb al-Mawālīd (Livro das natividades), ambos ainda existentes, bem como vários trabalhos agora perdidos. O segundo inclui Kitāb al-Madkhal (O livro da introdução), Kitāb al-Maʿānī (O livro dos significados [ocultos]), Kitāb al-Duwal (O livro das revoluções [do tempo]), Kitāb Taḥwīl sinī ’l-mawālīd (O livro da revolução anual das natividades) e Kitāb qaḍīb al-dhahab (O livro da haste de ouro). Kitāb al-Mawālīd foi traduzido ao latim por Platão de Tivoli em 1136 e por Johann Hispalensis (João de Sevilha) em 1153. Esta última tradução foi impressa em Nurembergue em 1546. Apresenta-se aqui a segunda edição, de 1549. Seu editor, Joachim Heller (1518 a 1590) a dedicou a Philipp Melancthon (1497 a 1560), o reformador alemão e colaborador de Martinho Lutero.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Giovanni Monte e Ulrich Neuber, Nurembergue

Idioma

Título no Idioma Original

Albohali Arabis Astrologi ... De Judiciis Nativitatum liber unus, antehac non editus

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

64 folhas: ilustrações, 19 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 17 de junho de 2014