Cópia de “História esloveno-búlgara” de Bashkioi

Descrição

Esta cópia manuscrita do Paisiĭ Khilendarski’s Istoriia slavianobolgarskaia (História esloveno-búlgara) foi feita pelo padre Vasilii Manuilov em 1841. Além do texto principal, o manuscrito contém relatos de dois milagres de Nossa Senhora. Publicada pela primeira vez em 1762, a história de Paisii encorajou os búlgaros, que estavam sob o governo otomano por séculos, a descobrir sua consciência nacional e a abraçar o idioma búlgaro. O trabalho foi tão influente que foi copiado à mão e extraído várias vezes, sem que Paisiĭ fosse identificado como o autor ou tivesse seu nome associado ao trabalho. Esta cópia manuscrita é um exemplo desse fenômeno. O copista, da cidade de Sliven, filho do padre Emanuil, filho do protohiereus (arcipreste) Stephan, apresenta a si mesmo como compilador da crônica e aponta para o Hilandar Tsarstvenik de 1820 como sua fonte direta. Em vez de usar o título original, ele chama sua obra de Tsarstvenik. Através do colofão, sabe-se que o manuscrito foi concluído na colônia dos búlgaros da Bessarábia em Bashkioi ou Novo Kirsovo. O manuscrito chegou à Biblioteca Nacional da Bulgária vindo de Tulcea, Romênia.

Última Atualização: 28 de outubro de 2014