Tratado sobre as fortificações de campo

Descrição

Giovan Battista Belluzzi (1506-1554) nasceu em San Marino e serviu como engenheiro-chefe militar a Cosmo I de Médici (1519–1574), duque de Florença. Este manuscrito, o qual acredita-se ter sido escrito pelo próprio Belluzzi, foi escrito para Stefano IV Colonna, um general florentino também a serviço da família Médici. O manuscrito contém instruções sobre a construção de fortificações militares em áreas remotas, usando apenas recursos locais como terra e madeira como elementos estruturais. O texto inclui um discurso sobre como avaliar as condições do solo, tratar o solo para usá-lo como agente aglutinador ou argamassa e como aplicá-lo a suportes de madeira para criar uma parede defensiva. Ele também inclui medidas para determinar a altura e o comprimento de uma parede planejada e uma descrição do local em que a seção de estrutura da parede deve ser posicionada. O manuscrito contém uma série de desenho para ilustrar os métodos descritos no texto, incluindo uma imagem retratando o padrão em que postes de madeira deveriam ser colocados no chão para formar uma seção de parede. Outra imagem mostra uma plataforma que deveria ser erguida para que os trabalhadores pudessem construir as partes elevadas da fortificação. Belluzzi também fornece ilustrações de ferramentas, métodos de tecer tiras de madeira para formar partes de paredes e outras maneiras de usar elementos locais na construção de estruturas fortificadas. Ele conclui o trabalho com uma descrição de paredes da cidade de Pistoia, construídas por ele em 1544. Belluzzi faleceu servindo a família Médici durante o cerco de Siena.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Trattato delle fortificazione di Terra

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

45 fólios; 232 x 168 mm

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 19 de março de 2013