Sobre a esfera e o cilindro, Sobre as medidas do círculo, Sobre conoides e esferoides, Sobre espirais, Sobre o equilíbrio dos planos, Sobre a quadratura da parábola, O contador de areia

Descrição

Em meados do século XV, diversos manuscritos do matemático grego do século III a.C., Arquimedes, começaram a circular nos centros humanísticos nas cortes da Itália. O artista renascentista Piero della Francesca (entre 1416 e 1492, aproximadamente), mais conhecido pelos afrescos pintados para o Vaticano e as capelas em Arezzo, transcreveu uma cópia de uma tradução latina da geometria de Arquimedes (uma compilação de sete tratados existentes) e ilustrou-a com mais de 200 desenhos representando os teoremas matemáticos nos textos. Há muito tempo nas propriedades da Biblioteca Riccardiana em Florença, esse manuscrito foi atribuído somente há pouco tempo a Piero por James Banker, um estudioso americano da transmissão da geometria de Arquimedes desde a era clássica. Provavelmente criado por Piero no final de 1450, ele é composto de 82 fólios que destacaram de maneira significativa o seu trabalho, tanto como artista quanto como estudante de matemática e geometria. Muitas das ilustrações nas margens capturam as habilidades do artista na representação de figuras geométricas complexas em formas compreensíveis. As linhas simples e posicionadas corretamente das formas geométricas no manuscrito representam um elemento essencial do trabalho do artista e oferecem percepções sobre o uso criativo do espaço e da perspectiva para reproduzir objetos tridimensionais em tela e papel.

Data de Criação

Idioma

Título no Idioma Original

De sphaera et cilindro ; Dimensio circoli ; De conoidibus et sphaeroidibus ; De lineis spiralibus ; De planorum equilibriis ; Quadratura parabolae ; Arenarius

Lugar

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

82 fólios; 285 x 208 mm

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 19 de março de 2013