Etimologia

Descrição

Etymologiae (Etimologia) é a obra mais famosa de São Isidoro de Sevilha (560–636, aproximadamente), um estudioso e teólogo considerado o último dos grandes Padres da Igreja Latina. Seu nome tem origem de um método de ensino que prossegue explicando as origens e o significado de cada palavra relacionada a um tópico. São Isidoro se baseou em várias fontes diferentes na sua tentativa de resumir todo o conhecimento antigo e salvá-lo para a posteridade. A fama da obra fez com que ela fosse amplamente copiada e disseminada, e sua popularidade durou mesmo até o Renascimento. Para estudiosos medievais, Etymologiae era um inigualável compêndio de informações. Este importante manuscrito em letras minúsculas góticas no estilo da escola de Toledo-Sevilha veio originalmente da catedral de Toledo. Ele inclui notas e equivalentes em árabe de algumas palavras em latim. Várias folhas são feitas de cortes de pergaminho, desenhadas grosseiramente. O manuscrito também contém um mapa do mundo com escrita árabe (em 116v) e figuras geométricas coloridas, com títulos, legendas, iniciais e letras maiúsculas em vermelho e verde.

Última Atualização: 14 de abril de 2015