Bíblia de Sevilha

Descrição

Biblia hispalense (Bíblia de Sevilha), também conhecida como Códice Toletanus, é um manuscrito da primeira metade do século X, escrito em latim em escrita visigótica, em letra minúscula, por pelo menos quatro copistas. Os títulos também aparecem em hebraico e há notas em árabe nas margens. O manuscrito é composto por folhetos de oito folhas cada, em pergaminho, sendo o texto dividido em três colunas de 63-65 linhas. São incluídos textos do Antigo e Novo Testamentos, com prefácio, prólogos e comentários por São Jerônimo, São Isidoro e outros. Apesar do formato e conteúdo claramente cristão, a influência árabe da ocupação dos mouros de Al-Andalus é notável na ornamentação, no arco duplo em forma de ferradura com motivo decorativo na forma de flores e folhas típicas da arte islâmica. Os símbolos dos evangelistas, São Lucas e São João, são incluídos e há desenhos dos profetas Miqueias, Naum e Zacarias, e algumas iniciais com pássaros e peixe. Algumas letras maiúsculas e legendas aparecem em azul e vermelho. O manuscrito demonstra alguns sinais de deterioração, especialmente nas primeiras páginas. Parte da numeração árabe dos séculos XV e XVI sobrevive, e um conjunto do século XVIII encontra-se completo. As últimas páginas contêm um fragmento de um glossário em latim de um códice diferente. Uma nota na página 375v afirma que Servando de Sevilha deu o livro a seu amigo o bispo de Córdoba, que em 988 o deu à Igreja de Santa Maria em Sevilha. Ele chegou à Biblioteca Nacional da Espanha junto com outros materiais da Catedral de Toledo em 1869.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Biblia hispalense

Tópico

Tipo de Item

Descrição Física

375 fólio : pergaminho, 44 x 32 centímetros.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de agosto de 2017