História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Livro V: Profecias e superstições

Descrição

Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente mencionado como o Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. O Livro V trata de profecias, augúrios e superstições. Assim como no Livro IV, sobre adivinhação, Sahagún cita antigas tradições nativas colhidas em questionários e interações com os anciãos nahua. O interesse permanente de Sahagún nesse assunto era acadêmico e etnográfico, mas fundamentalmente religioso em sua motivação. Ele acreditava que muitas das conversões ao cristianismo alegadas por sacerdotes católicos no México eram superficiais e mascaravam a fidelidade persistente às crenças pagãs. Como escreveu no prólogo do seu trabalho, os "pecados de idolatria e ritos idólatras, superstições e profecias, e superstições e cerimônias idólatras não desapareceram completamente. Para pregarmos contra essas coisas ou mesmo estarmos cientes da sua existência, precisamos nos familiarizar com a maneira como foram praticadas em épocas pagãs, [porque] por causa de nossa ignorância, eles [os indígenas] praticam muitas ações de idolatria sem que percebamos."

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Libro quinto, que trata de los agueros, y prenosticos: que estos naturales tomauan: de algunas aues, animales y sauandixas para adiujnar las cosas futuras

Tipo de Item

Descrição Física

Encadernado como parte do volume 1. Tinta sobre papel; 310 x 212 milímetros

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 26 de outubro de 2012