História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Livro II: As cerimônias

Descrição

Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente mencionado como o Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. O Livro II trata das festividades e sacrifícios para os deuses, realizados de acordo com um calendário ritual de 20 dias. Inclui os 20 cânticos ou hinos sagrados para os deuses, que Sahagún reuniu por meio de testemunhos orais no estágio inicial da pesquisa. Esse livro também descreve cerimônias envolvendo sacrifício humano, que tanto chocaram os espanhóis quando chegaram ao México. Sacrifícios eram oferecidos para que o ciclo cósmico pudesse continuar e o sol surgisse a cada manhã. Em um processo perene de regeneração, acreditava-se que os deuses astecas morriam e, depois, retornavam à vida mais fortes do que antes, e sua morte era "revivida" no sacrifício. Os deuses eram personificados pelas vítimas dos sacrifícios—como ixiptla (imagens) ou representantes—e recebiam sustento dos corações e sangue humanos. A ilustração do fólio 84 (verso) retrata o sacrifício do ixiptla de Tezcatlipoca, deus do céu noturno e da memória. A vítima devia ser um jovem saudável, sem imperfeições físicas, a quem era concedido um ano para viver em pleno lazer, aprendendo a tocar flauta e portar "cachimbos de bambu" à maneira dos chefes e nobres. Ele era então cuidadosamente vestido e adornado e, após várias cerimônias, levado ao pé da pirâmide onde seria morto. As vítimas dos sacrifícios geralmente eram soldados capturados em batalhas, mas também podiam ser escravos, homens culpados de algum crime, jovens mulheres ou crianças (oferecidas para as divindades da chuva e das águas). Nas batalhas, o objetivo não era matar os inimigos, mas tomar prisioneiros, que eram agarrados pelos cabelos e destinados ao sacrifício. A guerra com o objetivo de conseguir vítimas de sacrifícios é retratada nas ilustrações do fólio 74 (reto) e do fólio 74 (verso) deste livro.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Segundo libro, que trata, del calendario, fiestas y cerimonjas, sacrificios, y solenidades: que estos naturales, desta nueua españa hazian: a honrra de sus dioses

Tipo de Item

Descrição Física

Encadernado como parte do volume 1. Tinta sobre papel; 310 x 212 milímetros

Coleção

Referências

  1. Biblioteca Medicea Laurenziana, The World of the Aztecs in the Florentine Codex, (Mandragora: 2007).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 20 de junho de 2014