História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Introdução, índices e Livro I: Os deuses

Descrição

Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente chamado de Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. Sahagún seguiu a tipologia de trabalhos medievais anteriores, dispondo sua pesquisa em "coisas divinas, humanas e naturais" da Nova Espanha e dedicando-se a esses tópicos em ordem. Dessa forma, o Livro I trata dos deuses. Descreve as principais divindades do panteão asteca, listando suas características físicas, trajes, funções principais e os festivais dedicados a cada uma elas. Para tornar esses deuses mais compreensíveis para os leitores europeus, Sahagún às vezes os compara a figuras da mitologia grega e romana. Huitzilopochtli (“Uitzilobuchtli” no códice) é chamado de “outro Hércules,” Tezcatlipoca, de “outro Júpiter”. Huitzilopochtli era o deus principal dos astecas, aquele que os guiou na peregrinação de Aztlán, a “terra branca” mítica de suas origens, para a “terra prometida”, onde em 1325 fundaram a cidade de Tenochtitlan. Ele era o deus da guerra e do sol, enorme, extremamente forte e guerreiro, e para ele foi dedicado um dos dois santuários no Templo Mayor (Grande pirâmide) de Tenochtitlan. O outro santuário foi dedicado a Tlaloc, o deus da chuva, que vivia nas montanhas mais altas, onde as nuvens se formam, e era associado ao mundo agrícola e à fertilidade da terra. Huitzilopochtli, Tlaloc e dois outros importantes deuses estão retratados no fólio 10 (reto). Para Sahagún, a religião era a chave da civilização asteca. Como escreveu no prólogo do Livro I, "com relação à religião e à adoração dos deuses, não acredito que já tenha existido adoradores mais devotos a seus deuses, nem a um custo tão grande para si mesmos como o povo da Nova Espanha."

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Libro primero, en que se trata, de los dioses que adorauan, los naturales, desta tierra: que es la nueua españa

Tipo de Item

Descrição Física

Encadernado como parte do volume 1. Tinta sobre papel; 310 x 212 milímetros

Coleção

Referências

  1. Biblioteca Medicea Laurenziana, The World of the Aztecs in the Florentine Codex, (Mandragora: 2007).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de junho de 2015