Mapa do Rio Sul, em Novos Países Baixos

Descrição

Joan Vinckeboons (1617-1670) foi um cartógrafo e gravador holandês nascido em uma família de artistas de origem flamenga. Ele foi empregado pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais e por mais de 30 anos produziu mapas para utilização pela marinha mercantil e militar holandesa. Ele foi parceiro de negócios de Joan Blaeu, um dos mais importantes editores de mapas e atlas até então. Vinckeboons desenhou uma série de 200 mapas manuscritos que foram usados na produção de atlas, incluindo o Atlas Maior de Blaeu. Este mapa em bico de pena e aquarela de cerca de 1639 mostra o Rio Sul (Delaware), baía de Delaware e as costas adjacentes. Esta região fazia parte da colônia da Novos Países Baixos, que foi criada pelos holandeses em 1621 e governada por eles, até que foi tomada pelos britânicos em 1664. O mapa mostra assentamentos e características geográficas, com as profundidades de água mostradas por sondagens. O texto do lado esquerdo do mapa contém uma descrição das tribos nativas americanas que viviam na região. O mapa já fez parte de um atlas manuscrito que pertencia à empresa holandesa de Gerard van Keulen Hulst, que publicou atlas marítimos e manuais de navegação por mais de dois séculos. Com o fim da empresa, o atlas foi adquirido e fragmentado pelo revendedor de livros de Amsterdã Frederik Muller, que em 1887 vendeu 13 mapas do atlas atribuídos a Vinckeboons ao colecionador e bibliógrafo Henry Harrisse. Este mapa é parte da Coleção Henry Harrisse da Biblioteca do Congresso.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

Caert vande Svydt Rivier in Niew Nederland

Tipo de Item

Descrição Física

1 mapa manuscrito: bico de pena e aquarela, revestimento em papel; 47 x 69 centímetros

Observações

  • Escala de aproximadamente 1:1.650.000

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 2 de outubro de 2012