PalestranteMi Chu

Instituição Biblioteca do Congresso

Assunto Guia Ilustrado de Cultivo e Tecelagem: Vida Rural na China Imperial

Como é amplamente conhecido, as ilustrações originais de Cultivo e Tecelagem são uma obra de Lou Shou, concluída por volta de 1145 da era cristã, durante o início da dinastia Song do sul. Tal obra já não existe mais, embora muitas edições em xilogravuras ainda existam e podem ser encontradas no mercado. As Ilustrações Completas de Cultivo e Tecelagem Encomendadas pelo Império, nesta instituição, pintada à mão em seda, é uma raridade no mundo.

O texto, neste documento, foi composto pelo imperador Kangxi da dinastia Qing, conhecido também pelo seu Nome de Templo, Shengzu; este quadro é de Jiao Bingzhen, da Diretoria de Astronomia. Jiao Bingzhen foi um pintor da corte, do início da dinastia Qing, que serviu na Diretoria de Astronomia durante a era Kangzi. Ele estudou os métodos ocidentais de pintura, tendo como professor o famoso jesuita Johann Adam Schall von Bell.

As Ilustrações Completas de Cultivo e Tecelagem Encomendadas pelo Império  foi pintada em seda colorida do Departamento Imperial Doméstico e é datada do segundo mês do trigéssimo-sexto ano da era Kangxi, ou março de 1696. Inclui 23 pinturas de atividades agriculturais e um mesno número de pinturas de tecelagem. Cada página tem o texto à esquerda, precedido pela pintura à direita. O texto é composto por poemas em linhas de sete sílabas escrito em escrita comum. As pinturas são finamente detalhadas e em cada uma delas há um poema de cinco sílabas em escrita comum, trabalhada a pincel de um modo rico e fluido. O fundo em seda apresenta uma estampa de dragões emparelhados, em carmim escuro. Desde os tempos remotos, a China fora fundamentada na agricultura e a consciência de que a prioridade maior da administração imperial fosse sempre a agricultura e a sericultura está refletida no antigo adágio que diz "Quando nos vestimos de seda, temos que nos lembrar das privações passadas pelas mulheres que tecem, e quando comemos grãos, temos que pensar no sofrimento dos homens que os cultivam."

A história da origem deste álbum é extraordinária. Comprado em Londres, em 1908, pelo Dr. Frederick Peterson, de Nova Iorque, o Ilustrações  de Cultivo e Tecelagem Encomendadas pelo Império foi autenticado por dois famosos sinólogos daquela época, os Drs. Berthold Laufer e Paul Pelliot, como sendo um produto das mãos de Jiao Bingzhen. O jornal T'oung Pao, número 13 (1912), publicou um importante artigo sobre as Ilustrações de Cultivo e Tecelagem intitulado "A Descoberta de Um Livro Perdido", garantindo o lugar acadêmico da versão Kangxi na história. Vinte anos mais tarde, em 1928, a sra. William H. Moore, de Nova Iorque, adquiriria este álbum do Dr. Peterson e o transferiria para a Biblioteca do Congresso para ser preservado.

A Biblioteca do Congresso dos Estados Unidos também possui edições raras impressas da "Ilustrações de Cultivo e Tecelagem", inclusive o "Diagramas de Agricultura, Sericultura, Cultivo e Tecelagem" no terceiro volume, o nono juan, do Shimin wanyong zhengzong buquiuren quanbian, um grande compêndio de conhecimentos práticos para pessoas de todos os níveis da sociedade, publicado no trigéssimo sétimo ano da era Wanli da dinastia Ming (1609). Segundo o relatório anual de 1940 da Biblioteca do Congresso, esses diagramas são exclusivos deste livro e provavelmente tratam-se de reproduções do "Ilustrações de Cultivo e Tecelagem" de Lou Shou, das edições em xilogravura de Song do sul e do início da dinastia Ming.

Uma cópia do Wakan Kanseki Kōshiki zu, baseada em uma edição Song, foi publicada no quarto ano da era Empō no Japão pelo pintor da corte Kanō Einō (1631-1697). Apenas três exemplares desta edição japonesa ainda existem: duas no Japão, e uma que foi doada para a Biblioteca do Congresso, em 1928, pela Biblioteca John Crerar em Chicago.

Aqueles que tiverem algum interesse, podem obter uma compreensão mais profunda do valor da versão pintada por Jiao Bingzhen através da genealogia das edições em xilogravura das Ilustrações de Cultivo e Tecelagem.