Filtrar Resultados:

Lugar

Período

Tópico

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Idioma

Instituição

684 resultados
Relatório sobre as diferentes massas de ferro encontradas na Cordilheira Oriental dos Andes
Mariano Eduardo de Rivero y Ustáriz (1798–1857) foi um cientista, geólogo, mineralogista, químico, arqueólogo, político e diplomata peruano. Depois de estudar em Arequipa, ele foi enviado em 1810, aos 12 anos, para Londres para estudar matemática, física e línguas. Em 1817, ele viajou para a École royale des mines de Paris , na França, para estudar mineralogia e química. Na França, conheceu Joseph Louis Proust, Gay-Lussac e Alexander von Humboldt. Este último se tornou seu mentor e, durante o curso de suas viagens na Europa, Rivero descobriu um novo oxalato ...
Fornecido por
Universidade EAFIT
Mapa das Pequenas Antilhas
Joan Vinckeboons (1617-1670) foi um cartógrafo e gravador holandês nascido em uma família de artistas de origem flamenga. Ele foi empregado pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais e por mais de 30 anos produziu mapas para utilização pela marinha mercantil e militar holandesa. Ele foi parceiro de negócios de Joan Blaeu, um dos mais importantes editores de mapas e atlas até então. Vinckeboons desenhou uma série de 200 mapas manuscritos que foram usados na produção de atlas, incluindo o Atlas Maior de Blaeu. Este mapa em bico de pena e ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
As ilhas e o continente das Índias Ocidentais
Joan Vinckeboons (1617-1670) foi um cartógrafo e gravador holandês nascido em uma família de artistas de origem flamenga. Ele foi empregado pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais e por mais de 30 anos produziu mapas para utilização pela marinha mercantil e militar holandesa. Ele foi parceiro de negócios de Joan Blaeu, um dos mais importantes editores de mapas e atlas até então. Vinckeboons desenhou uma série de 200 mapas manuscritos que foram usados na produção de atlas, incluindo o Atlas Maior de Blaeu. Este mapa em bico de pena e ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Mapa da baía de Santiago
Joan Vinckeboons (1617-1670) foi um cartógrafo e gravador holandês nascido em uma família de artistas de origem flamenga. Ele foi empregado pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais e por mais de 30 anos produziu mapas para utilização pela marinha mercantil e militar holandesa. Ele foi parceiro de negócios de Joan Blaeu, um dos mais importantes editores de mapas e atlas até então. Vinckeboons desenhou uma série de 200 mapas manuscritos que foram usados na produção de atlas, incluindo o Atlas Maior de Blaeu. Este mapa em bico de pena e ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Havana na ilha de Cuba
Joan Vinckeboons (1617-1670) foi um cartógrafo e gravador holandês nascido em uma família de artistas de origem flamenga. Ele foi empregado pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais e por mais de 30 anos produziu mapas para utilização pela marinha mercantil e militar holandesa. Ele foi parceiro de negócios de Joan Blaeu, um dos mais importantes editores de mapas e atlas até então. Vinckeboons desenhou uma série de 200 mapas manuscritos que foram usados na produção de atlas, incluindo o Atlas Maior de Blaeu. Este mapa em bico de pena e ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Mapa da Costa do Golfo da Flórida até o México
Joan Vinckeboons (1617-1670) foi um cartógrafo e gravador holandês nascido em uma família de artistas de origem flamenga. Ele foi empregado pela Companhia Holandesa das Índias Ocidentais e por mais de 30 anos produziu mapas para utilização pela marinha mercantil e militar holandesa. Ele foi parceiro de negócios de Joan Blaeu, um dos mais importantes editores de mapas e atlas até então. Vinckeboons desenhou uma série de 200 mapas manuscritos que foram usados na produção de atlas, incluindo o Atlas Maior de Blaeu. Este mapa em bico de pena e ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Mapa da cidade e baía de Cartagena de las Indias
Este mapa em bico de pena e colorido a mão foi desenhado por Antonio de Ulloa (1716-1795) em 1735, com base em um mapa anterior desenhado por Juan de Herrera por volta de 1721. Ele mostra em detalhes a baía de Cartagena de Indias e a área costeira adjacente da atual cidade de Cartagena, Colômbia. Na época, o território fazia parte do Vice-reinado de Nova Granada no Império Espanhol. O mapa é orientado por uma roda dos ventos, com o norte apontando para a esquerda. A longitude foi definida em ...
Fornecido por
Biblioteca Nacional da Espanha
Vista superior do Castillo del Morro situado na foz da Baía de Havana
Este mapa manuscrito do século XVIII mostra o projeto do Castelo do Morro, localizado na entrada da Baía de Havana, Cuba. A fortaleza foi construída pelos espanhóis, iniciando em 1585. O engenheiro militar italiano Battista Antonelli (1547–1616) foi contratado para projetar as fortificações. Originalmente, a estrutura foi concebida como um pequeno forte cercado por vala seca, mas foi expandida e reconstruída em várias ocasiões e se tornou a principal fortaleza de maior importância estratégica para a ilha. O mapa está orientado com o norte para a esquerda e inclinado ...
Fornecido por
Biblioteca Nacional da Espanha
História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino
Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente chamado de Códice Florentino, o manuscrito chegou às mãos dos Médici antes de 1588 e está agora na Biblioteca Medicea Laurenziana em Florença. Sahagún iniciou suas pesquisas sobre culturas nativas na ...
Fornecido por
Biblioteca Medicea Laurenziana, Florença
Região Entre o Rio Amazonas e São Paulo
Este mapa em aquarela e bico-de-pena mostra o curso do Rio Amazonas, incluindo seus afluentes menores e as cidades localizadas ao longo de suas margens. Embora grande parte da área ao longo do Amazonas fosse controlada por povos indígenas durante os primeiros anos do período colonial, os colonizadores fundaram cidades ao longo das margens do rio, a fim de apoiarem o comércio e a exploração do interior do Brasil. A maior destas cidades era Belém, que aparece no mapa.
Fornecido por
Biblioteca Nacional do Brasil
Fortaleza de Brum em Pernambuco
Este planta baixa do século XIX, feita por um capitão da inspeção de fortalezas do Exército Brasileiro, mostra a fortaleza de Brum, que foi construída pelos holandeses e portugueses no século XVII.
Fornecido por
Biblioteca Nacional do Brasil
Mapa do Império Brasileiro
Este mapa detalhado do Brasil Imperial foi desenhado por Conrado Jacob Niemeyer (1788-1862) baseado em um mapa anterior de Duarte da Ponte Ribeiro, o Barão de Ponte Ribeiro (1795-1878). Após iniciar sua carreira como médico, Ponte Ribeiro tornou-se um importante diplomata durante os primeiros anos da Independência do Brasil, representando seu país em Portugal, México, Peru, Bolívia e Argentina. Niemeyer foi um engenheiro que ficou mais conhecido pela construção, às próprias custas, de uma das principais estradas que ligam os diversos bairros do Rio de Janeiro; esta estrada hoje leva ...
Fornecido por
Biblioteca Nacional do Brasil
O Mapa das Terras de Oztoticpac
Datado de aproximadamente 1540, este mapa é um documento Mexicano pitoresco, escrito em Espanhol e Náuatle, refere-se ao processo judicial do estado de Dom Carlos Ometochtli Chichimecatecotl, um senhor asteca e um dos muitos filhos de Nezahualpilli, regente de Texcoco. Dom Carlos foi acusado de heresia e executado publicamente pelas autoridades espanholas em 30 de novembro de 1539. O pleito começou em 31 de dezembro de 1540, quando um homem identificado como Pedro de Vergara pediu à Inquisição que retornasse a ele algumas árvores frutíferas tomadas pela propriedade de Dom ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Introdução, índices e Livro I: Os deuses
Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente chamado de Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. Sahagún seguiu a tipologia de trabalhos medievais anteriores, dispondo sua pesquisa em "coisas divinas, humanas e naturais ...
Fornecido por
Biblioteca Medicea Laurenziana, Florença
História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Livro II: As cerimônias
Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente mencionado como o Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. O Livro II trata das festividades e sacrifícios para os deuses, realizados de acordo com um ...
Fornecido por
Biblioteca Medicea Laurenziana, Florença
História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Livro III: A origem dos deuses
Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente mencionado como o Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. O Livro III trata da origem dos deuses, especialmente Tezcatlipoca e Quetzalcoatl, e inclui apêndices sobre ...
Fornecido por
Biblioteca Medicea Laurenziana, Florença
História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Livro IV: A arte da adivinhação
Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente mencionado como o Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. O Livro IV trata da arte da adivinhação, ou astrologia judicial, como praticada pelos astecas e ...
Fornecido por
Biblioteca Medicea Laurenziana, Florença
História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Livro V: Profecias e superstições
Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente mencionado como o Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. O Livro V trata de profecias, augúrios e superstições. Assim como no Livro IV, sobre adivinhação ...
Fornecido por
Biblioteca Medicea Laurenziana, Florença
História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Livro VI: Retórica e filosofia moral
Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente mencionado como o Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. O Livro VI trata da retórica e da filosofia moral. Contém textos que Sahagún reuniu por ...
Fornecido por
Biblioteca Medicea Laurenziana, Florença
História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Livro VII: O sol, a lua e as estrelas e a ligação dos anos
Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente mencionado como o Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. O Livro VII é sobre o sol, a lua e as estrelas. Contém um relato sobre ...
Fornecido por
Biblioteca Medicea Laurenziana, Florença
História geral das coisas da Nova Espanha de Frei Bernardino de Sahagún: O Códice Florentino. Livro VIII: Reis e senhores
Historia general de las cosas de nueva España (História geral das coisas da Nova Espanha) é um trabalho enciclopédico sobre o povo e a cultura da região central do México compilado por Frei Bernardino de Sahagún (1499–1590), um missionário franciscano que chegou ao México em 1529, oito anos após o término da conquista espanhola por Hernan Cortés. Normalmente mencionado como o Códice Florentino, o manuscrito consiste de 12 livros dedicados a diferentes tópicos. O Livro VIII trata de reis e nobres, formas de governo, eleições de governantes e os ...
Fornecido por
Biblioteca Medicea Laurenziana, Florença