1.807 resultados em português
Painel Caligráfico Gulzar
Este painel caligráfico executado em preto e vermelho sobre um fundo branco decorado em ouro, contém uma série de orações (du'a's) dirigidas a Deus, ao profeta Maomé e ao seu genro, Ali. As letras das palavras maiores são elaboradas em escrita nasta'liq e são preenchidas com motivos decorativos, animais e figuras humanas. Este estilo de escrita, preenchida com vários motivos, é chamado de gulzar, que literalmente significa "jardim de rosas" ou "cheio de flores". Ele é geralmente aplicado no interior de inscrições realizadas em nasta'liq, tais ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Fortaleza de Dio: Planos de Praças e Fortes de Territórios Portugueses na Ásia e na África
Estes desenhos mostram a fortalez de Diu, localizada numa ilha ao largo da costa noroeste da Índia. Em 1509, os Portugueses derrotaram as forças do Sultão de Gujarat na Batalha de Diu, garantindo assim uma posição dominante nas rotas comerciais do Oceano Índico. Construção deste complexo composto por guarnição-fortaleza começou em 1535, sob um acordo com o sultão, mas o acordo não prosperou e as tropas do sultão atacaram o forte em 1537. A fortaleza foi reconstruída em 1545 por João de Castro (1500-48), um comandante naval Português e o ...
Fortaleza de Chaul: Planos de Praças e Fortes de Territórios Portugueses na Ásia e na África
Este desenho mostra a fortaleza de Chaul, um dos complexos de defesa de Portugal ao longo da costa ocidental da Índia. Os Portugueses primeiro se estabeleceram em Chaul em 1521 e construiram um forte, que foi reconstruído diversas vezes. A estrutura mostrada neste desenho é mais provavelmente aquela construída em 1613, que apresentava obras expandidas de defesa.
Fortaleza de Ormuz: Planos de Praças e Fortes de Possessões Portuguesas na Ásia e na África
Este desenho mostra o forte português em Ormuz, localizado na ilha do Golfo Pérsico de Hormuz. No seu apogeu, Ormuz foi um dos mais importantes portos do Oriente Médio, controlando rotas comerciais entre a Índia e a África Oriental. Antes de ficar sob o controle Português no início dos anos 1500, Ormuz foi uma cidade-estado que floresceu como reino independente. Sua localização privilegiada ao longo de rotas comerciais fez dela uma das cidades mais ricas do mundo. Os Portugueses controlaram a cidade e seu porto de 1515 até 1622, quando ...
Alcorão sagrado
De acordo com a fé islâmica, o Alcorão sagrado foi revelado por Deus ao profeta Maomé (570–632) pelo anjo Gabriel por um período de 22 anos. O Alcorão fala de forma poderosa e tocante sobre a realidade e as qualidades de Deus, o mundo espiritual, os objetivos de Deus ao criar a humanidade, o relacionamento e a responsabilidade dos homens com Deus, a chegada do Dia do Julgamento e a vida após a morte. Ele também contém regras para o dia-a-dia, histórias dos primeiros profetas e suas comunidades, percepções ...
Os dísticos espirituais
A contribuição mais significativa de Jalāl ad-Dīn Muhammad Rūmī (popularmente conhecido em persa como Mawlānā, e em inglês como Rumi, 1207–1273), o renomado poeta e místico do Irã, para a literatura persa talvez seja sua poesia, e especialmente seu famoso Masnavi (Os dísticos espirituais). Esta obra, considerada a exposição de misticismo em versos mais abrangente de qualquer idioma, discute e oferece soluções a muitos problemas complicados de metafísica, religião, ética, misticismo e outros campos. Masnavi destaca os vários aspectos ocultos do sufismo e de seu relacionamento com a vida ...
O tesouro de Khvarazm’Shah
Ismā‘īl ibn Ḥasan Jurjānī (entre 1042 e 1136, aproximadamente, também citado como Jorjānī e Gurjānī), conhecido popularmente como Hakim Jurjānī, foi um dos mais famosos médicos do Irã do século XII. No período entre a conquista islâmica e o tempo de Jurjānī, quase todos os livros científicos de iranianos eram escritos em árabe, incluindo obras famosas como al-Qānūn fī al-tibb (O cânone da medicina) escrito por Ibn Sina (Avicena). A enciclopédia médica de Jurjānī, Zakhīrah-i Khvārazm’Shāhī (O tesouro de Khvarazm’Shah) foi o primeiro grande livro de medicina ...
Miscelânea de Molla Sadra
Muḥammad ibn Ibrāhīm Ṣadr al-Dīn Shīrāzī (1571–1640), mais conhecido como Molla Sadra, foi um filósofo, teólogo e místico islâmico persa que liderou a renascença cultural iraniana no século XVII. O principal exemplo do movimento iluminacionista, ou Eshraqi, escola dos filósofos místicos, Molla Sadra é comumente considerado pelos iranianos o maior filósofo que o Irã já produziu e provavelmente o filósofo mais importante e influente do mundo muçulmano nos últimos quatro séculos. Sua escola de filosofia é chamada de Teosofia transcendental. A filosofia e a ontologia de Molla Sadra são ...
O livro dos reis
Shahnameh Baysonqori é uma cópia de Shahnameh (Livro dos reis) composto pelo extremamente reverenciado poeta iraniano Abū al-Qāsim Firdawsī (940–1020). A importância do Shahnameh para o mundo falante de persa é comparável aos poemas épicos de Homero no Ocidente. O livro reconta em versos a história mitológica da Pérsia antiga e contos de famosos heróis e personalidades da história iraniana, desde os tempos legendários até o reino do século VII de Yazdgerd III, o último rei da dinastia sassânida. Os contos são baseados em obras históricas anteriores, mas são ...
Tratado sobre a guerra santa
A primeira imprensa persa no Irã foi estabelecida em 1816 em Tabriz, e o primeiro livro publicado pela imprensa foi Jihādīyyah (Tratado sobre a guerra santa), escrito por Abu al-Qasim ibn 'Isá Qa'im'maqam Farahani (entre 1779 e 1835, aproximadamente), o primeiro ministro da Pérsia na época. Durante o reinado do Rei Fath Ali Shah (1772–1834, reinou no período de 1797–1834), enquanto o governo Qajar estava ocupado com a administração da instabilidade no país, as potências coloniais europeias procuraram se estabelecer na região. Os britânicos competiram pela ...
Coleção condensada de hadiths autênticos de Al-Bukhāri
Esta obra é o manuscrito árabe mais antigo da Biblioteca Nacional da Bulgária. Incompleto e fragmentado, é uma cópia de 1017 do Volume 3 de Sahīh al-Bukhārī (Hadiths autênticos de Al-Bukhārī). Muhammad ibn Ismā‘īl al-Bukhārī (810–870) nasceu em Bucara, no atual Uzbequistão, e morreu em Khartank, próximo a Samarcanda. É considerado pelos muçulmanos sunitas como a maior autoridade entre os compiladores de hadiths—relatos de declarações ou feitos atribuídos ao profeta Maomé. Esta obra, concluída em 846, é a coleção mais conhecida de al-Bukhārī. Foi a primeira obra ...
A Recensão dos Elementos de Euclides
Esta obra é uma edição impressa de Kitāb taḥrīr uṣūl li-Uqlīdus (A Recensão dos Elementos de Euclides) por um dos luminares intelectuais do mundo islâmico, o polímata persa Naṣīr al-Dīn Muḥammad ibn Muḥammad al-Ṭūsī (1201–1274). Após sua morte, al-Ṭūsī passou a ser chamado de al-muʿallim al-thālith (o terceiro mestre, com Aristóteles e Fārābī sendo o primeiro e o segundo mestres, respectivamente). Autor extraordinariamente prolífico, al-Ṭūsī fez contribuições notáveis para a maioria dos campos intelectuais de sua época, escrevendo sobre teologia, misticismo, lógica, astrologia, astronomia, geomancia ...
"Ensaio Científico sobre a Necessidade de Remédios Compostos" do Cânone de Medicina
Abū Alī al-Ḥusayn Ibn Sīnā (980–1037) foi um dos luminares intelectuais do mundo medieval. Conhecido no ocidente latino como Avicena, este polímata persa foi chamado frequentemente de al-Shaykh al-Ra'īs pelos autores muçulmanos, reconhecendo seu papel como um dos principais sábios do mundo islâmico. Autor prolífico, Ibn Sīnā escreveu sobre tópicos bem diversos como metafísica, teologia, medicina, psicologia, geociências, física, astronomia, astrologia e química. Sua fama na Europa reside principalmente sobre seu Cânone de Medicina, que foi traduzido para o latim e permaneceu, durante séculos, parte do currículo padrão ...
Elementos de Cronologia e Astronomia de Muḥammad al-Farghānī
Esta obra é uma tradução do influente e famoso Kitāb jawāmiʿ ʿilm al-nujūm wa uṣūl al-ḥarakāt al-samāwīya (Livro das generalidades da astronomia e bases dos movimentos celestes) de al-Farghānī para o latim. Aḥmad ibn Moḥammad ibn Kathīr al-Farghānī foi um astrônomo que prosperou nas cortes dos primeiros califas abássidas. Ele parece ter sido ativo na corte de al-Ma’mun. Se for a mesma pessoa que, segundo se afirma, recebeu de al-Mutawakkil a incumbência de construir o Nilômetro no Cairo, então esteve em atividade desde as décadas iniciais do século IX ...
Comentário sobre o capítulo nono do livro de medicina dedicado a Mansur
Esta obra é um comentário em latim do professor e médico italiano Giovanni Arcolani (falecido em 1484, também conhecido como Ioannis Arculani) sobre o nono livro do Kitāb al-ṭibb al-Manṣūrī (O livro da medicina dedicado a Mansur) do renomado polímata persa Abū Bakr Muḥammad ibn Zakarīyā Rāzī (entre 865 e 925, aproximadamente). Conhecido no Ocidente latino como Rhazes ou Rasis, Rāzī nasceu em Rayy, ao sul de Teerã. Ele é geralmente considerado uma das figuras fundamentais da medicina no período medieval. Sua influência sobre o desenvolvimento da ...
Os três livros sobre alquimia de Geber, o grande filósofo e alquimista
Jābir ibn Hayyan (também conhecido por seu nome latinizado, Geber, entre 721 e 815, aproximadamente) foi contemporâneo dos primeiros abássidas, que reinaram entre 750 e 800, aproximadamente, e um dos principais proponentes da alquimia no período inicial do Islã. A primeira biografia de Jābir, no al-Fihrist, foi escrita no século décimo por Ibn al-Nadīm, um estudioso e bibliógrafo que viveu em Bagdá. Ela contém um grande número de elementos lendários, embora evidências externas tenham mostrado que a lista de obras atribuídas a Jābir neste trabalho está, em geral, correta. A ...
Compêndio de traduções latinas de tabelas astronômicas persas
Este volume é um compêndio de seis obras que inclui as traduções latinas de partes da Zīj-i Sulṭānī, de Muḥammad Ṭaraghāy ibn Shāhrukh ibn Tīmūr (1394 a 1449), conhecido como Ulugh Beg. Os outros trabalhos incluem um excerto da obra Taqwīm al-Buldān (intitulada “Uma descrição da Corásmia e da Transoxiana a partir de tabelas de Abū al-Fidāʾ”), de Abū al-Fidāʾ Ismāʿīl Ibn ʿAlī (1273 a 1331) e uma tabela das estrelas de Muhammad ibn Muhammad Tizīnī. Ulugh Beg (“grande comandante” em turco) era neto de Tīmūr (conhecido no Ocidente ...
A luminária maior
Este volume contém Luminare Maius (A luminária maior) e um antidotarium (livro de antídotos), de Joannes Jacobus de Manliis (1490). Ele é baseado nas obras do médico persa nestoriano Yūḥannā Ibn Māsawayh (entre 777 e 857, aproximadamente), conhecido no Ocidente latino como Mesué, e de “outros médicos distintos.” Também está incluída uma edição do Pandectarum Medicinae (Enciclopédia dos medicamentos), de Matteo Silvatico (também conhecido por seu nome latinizado, Mattheus Sylvaticus, entre 1280 e 1342, aproximadamente), que consiste em uma lista alfabética de medicamentos, de origem principalmente herbal. Sylvaticus se baseia ...
Comentário à primeira parte do “Cânone da medicina” de Avicena e o “Capítulo sobre os membros”, de Giano Matteo Durastante
Este volume contém um comentário em latim à primeira parte do Al-Qānūn fī al-ṭibb (O cânone da medicina), de Avicena, feito pelo médico e filósofo italiano Giovanni Battista da Mónte (também conhecido como Montano, 1498 a 1551), publicado em Veneza em 1557. Montano nasceu em Verona. Após trabalhar primeiramente em Brescia, ele ensinou medicina na Universidade de Pádua. Ele traduziu várias obras do grego para o latim e escreveu numerosos comentários sobre tratados de Hipócrates, Galeno e Avicena, a maioria dos quais foi publicada postumamente por seus ...
Os oito tratados de Abū Ma‘shar’s sobre as grandes conjunções, as revoluções anuais e suas origens
Ja‘far ibn Muḥammad al-Balkhī (787 a 886), conhecido como Abū Ma‘shar (e como Albumasar no Ocidente latino), foi um dos mais famosos astrônomos da Idade Média. Na Europa, sua fama se baseava nas várias traduções para o latim de seus trabalhos astronômicos, originalmente em árabe. Ele nasceu na cidade persa de Balkh (atual Afeganistão), no dia 20 de Ṣafar, 171 A.H. (10 de agosto de 787). O mais provável é que ele tenha sido educado primeiramente em Balkh, antes de se mudar para Bagdá, já que seu ...
Tratado de Al-Qabīṣī’s sobre os princípios da astronomia imparcial
ʻAbd al-ʻAzīz Ibn ʻUthmān foi um famoso astrólogo, que se acredita, com base em um comentário no Fihrist, ter sido contemporâneo de Muḥammad ibn Isḥāq Ibn al-Nadīm (ativo em 987). Ele provavelmente nasceu em al-Qabīṣ, que é um nome compartilhado por dois locais no Iraque: um deles próximo a Mawṣil; o outro, de Sāmarra Ele pode ter tido ascendência persa. O principal trabalho ainda existente de Al-Qabīṣī’s é al-Madkhal ilā ṣinā‘at aḥkām al-nujūm (Introdução à arte do [conhecimento do] julgamento das estrelas), dedicada a Sayf al-Dawla, o ...
Elementos de cronologia e astronomia de Muḥammad al-Farghānī
Aḥmad ibn Moḥammad ibn Kathīr al-Farghānī (prosperou em 861) foi um astrônomo que trabalhou nas cortes dos primeiros califas abássidas. Ele parece ter sido ativo na corte de al-Ma’mun e é possível que tenha sido a mesma pessoa supostamente encarregada por al-Mutawakkil da construção do nilômetro, no Cairo. Neste caso, ele teria sido ativo das primeiras décadas do século IX até sua morte, em 861 (sendo contemporâneo dos reinados de al-Ma’mun, al-Muʿtaṣim, al-Wāthiq e al-Mutawakkil). Al-Farghānī, o nome pelo qual o astrônomo tornou-se conhecido na corte ...
Um livro até o momento inédito sobre os julgamentos das natividades de Abū ‘Alī, o astrólogo árabe
Yaḥyá ibn Ghālib Khayyāṭ (falecido em 835, aproximadamente) foi um astrólogo e pupilo do grande astrólogo persa judeu Māshāʼallāh (entre 730 e 815, aproximadamente). Ele era conhecido no mundo cristão medieval como Albohali (variações incluem Alghihac e Albenahait). Ibn al-Nadīm inclui na lista de obras de Abu ʿAlī os livros Kitāb al-Masāʾil (O livro das interrogações) e Kitāb al-Mawālīd (Livro das natividades), ambos ainda existentes, bem como vários trabalhos agora perdidos. O segundo inclui Kitāb al-Madkhal (O livro da introdução), Kitāb al-Maʿānī (O livro dos significados [ocultos]), Kitāb al-Duwal (O ...
Tipos de bazar. Vendedor de cana de açúcar
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Tipos de bazar. Vendedor de ovelhas
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Tipos de bazar. Vendedor de feno
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Tipos de bazar. Menino com burro carregando botijas de água
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Rituais de casamento dos judeus. Cerimônia de casamento
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Rituais de casamento dos judeus. O Devishnik, uma festa para a noiva na véspera de seu casamento
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Rituais de casamento dos judeus. Khanna, uma noiva
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Rituais de casamento dos judeus. Levando a noiva à casa do noivo
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Rituais de casamento dos judeus. Casamento arranjado
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Rituais de casamento dos judeus. Encontro do noivo, da noiva e de suas famílias antes do casamento
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Rituais de casamento dos judeus. Dois homens que representam as famílias do noivo e da noiva finalizando o contrato de casamento
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Rituais de casamento dos judeus. Mulla Borukh, um noivo
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Costumes judaicos. Enfaixando o berço
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Costumes judaicos. Reunião em dias de festa
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Costumes judaicos. Uma celebração
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Costumes judaicos. Imagem externa de uma sucá
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Khan de Kokand e seus filhos. Maadamin Beg, segundo filho do khan de Kokand
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Khan de Kokand e seus filhos. Seid Mukhamed Khudayar Khan, khan de Kokand
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Khan de Kokand e seus filhos. Seid Mukhamed Nasretdin Beg (filho mais velho do khan de Kokand)
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso