1.096 resultados em português
Guia para a Grande Ferrovia Siberiana
A Ferrovia Trans-Siberiana, de  8.000 quilômetros, ligando Ekaterinburg, nos Montes Urais, ao porto de Vladivostok, no Pacífico, é a mais extensa ferrovia do mundo. A construção começou em 1891 e foi concluída em 1916. Por volta de 1900, grande parte da linha estava concluída e aberta ao tráfego. Nesse ano, o Ministério das Comunicações Russo lançou edições idênticas, em inglês e russo, deste guia ilustrado da ferrovia. Ele inclui uma história da Sibéria, um relato da construção e uma lista detalhada das províncias e cidades ao longo do percurso.
Sua Excelência: George Washington esq: LLD Comandante em Chefe dos Exércitos dos Estados Unidos da América e Presidente da Convenção de 1787
Em 1787, a confederação dos 13 estados americanos estava em processo de desestabilização. Os cofres estavam vazios, Nova Iorque e Nova Jersey estavam em uma disputa por impostos cobrados sobre mercadorias que atravessam as fronteiras estaduais, os agricultores de Massachusetts estavam se rebelando, e a Espanha e a Grã-Bretanha invadiam o território americano, a oeste. A Convenção Federal foi convocada para resolver os problemas de governar a jovem república sob os existentes Artigos da Confederação. A convenção respondeu com a elaboração do documento que se tornou  a Constituição dos Estados ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Carta de Otto Ringling, 26 de outubro de 1907
Otto Ringling (1858–1911) foi o filho de um imigrante alemão que, com seus irmão Albert, Alfred, Charles, John, August e Henry, criou o império dos Circos dos Irmãos Ringling no final do século XIX. Os irmãos compraram o concorrente Circo Barnum & Bailey em 1907. A princípio, os dois circos eram apresentados separadamente, mas foram fundidos em 1919 para criar o Circo dos Irmãos Ringling e Barnum & Bailey, que veio a ser conhecido como "O Melhor Espetáculo da Terra”. Esta carta, escrita por Otto a seus irmãos em outubro de ...
O Circo de John Robinson
Esta fotografia de 1929 exibe o interior do Circo de John Robinson durante um espetáculo com a performance de O Rei Salomão e a Rainha de Sabá em Cincinnati, Ohio. No circo americano, o espetáculo era como um desfile que ocorria em volta da pista do hipódromo dentro da grande lona, ou tenda do circo, e trazia tantos artistas e animais quanto o diretor do circo conseguisse fantasiar. O Circo de John Robinson era especialmente conhecido por suas produções deslumbrantes de O Rei Salomão e a Rainha de Sabá, que ...
Fornecido por Museu Mundial do Circo
Cena de bastidores do circo americano
Nos circos americanos, a área situada diretamente atrás da lona ou arena do circo, onde os artistas se preparavam e faziam as entradas pela "porta dos fundos", ficou conhecida como o "quintal". Um negativo em placa de vidro de 1928 revela uma típica cena de quintal em um circo americano antes da apresentação do espetáculo. O espetáculo era como um desfile que ocorria em volta da pista do hipódromo dentro da grande lona, ou tenda do circo, e trazia tantos artistas e animais quanto o diretor do circo conseguisse fantasiar ...
Fornecido por Museu Mundial do Circo
Cena da feira do circo
Esta fotografia de 1935 mostra uma multidão concentrada na feira do Circo Hagenbeck-Wallace, indo em direção à lona principal de entrada. À esquerda, aparece um cartaz que anuncia as aberrações e atrações do show secundário, uma atração paga à parte que ocorre antes do show principal. À direita, podemos ver barracas e as carroças de venda de bilhetes. Atrás da entrada principal, é possível ver a tenda "gratuita" na qual ocorre a exibição de animais exóticos enjaulados, elefantes e outros animais principais. Nos anos 1930, tal feira havia se tornado ...
Fornecido por Museu Mundial do Circo
Circo dos Irmãos Cole
Esta imagem de 1935 apresenta uma cena de um típico circo americano de tamanho mediano do século XX. Uma multidão observa enquanto as carroças de bagagem do Circo dos Irmãos Cole são retiradas dos vagões de plataforma. Os vagões automotores trazem os nomes Clyde Beatty e Allen King, que eram dois dos mais notáveis treinadores de animais da época. Atrás dos vagões transportadores, estão os vagões de animais, que traziam os elefantes e cavalos de carga. Esta cena era repetida diariamente, de manhã e à noite, nas ferrovias das comunidades ...
Fornecido por Museu Mundial do Circo
História da expedição sob o comando dos capitães Lewis e Clark: Para as nascentes do Missouri e, de lá, atravessando as Montanhas Rochosas e seguindo abaixo o rio Columbia até o Oceano Pacífico
Este relato da Expedição de Lewis e Clark, publicado em 1814, baseia-se em diários detalhados escritos pelos Capitães Meriwether Lewis e William Clark, os líderes da expedição. O livro começa com "A vida do Capitão Lewis", escrito por Thomas Jefferson, que reproduz instruções detalhadas de Jefferson para Lewis quanto aos objetivos da expedição. "O objeto de sua missão é explorar o rio Missouri, e assim, suas principais correntesl, pois, através de seu curso e comunicação com as águas do Oceano Pacífico, seja Columbia, Oregan [sic],  Colorado, ou qualquer outro rio ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Desfile gratuito de rua do Circo Sells-Floto
Esta colorida litografia anuncia o acontecimento do desfile de rua do Circo Sells-Floto, promovendo a venda de bilhetes para os residentes locais para os dois shows diários. O trabalho artístico captura a grandiosidade dos desfiles dos circos americanos nos anos 1920. O desfile é liderado por um cavaleiro usando uma fantasia do século XVIII e levando uma bandeira do circo. Atrás dele, um grupo de cavaleiros, elefantes vestidos nas fantasias usadas em grandes números produzidos para os espetáculos, uma banda e diversas carroças do circo. Vários dos elefantes e carroças ...
Fornecido por Museu Mundial do Circo
O Diário de Uganda, Volume I, Número 1, janeiro de 1934
A Sociedade Literária e Científica de Uganda foi estabelecida em 1923 em Entebbe, no Protetorado de Uganda. Sua principal atividade era a leitura de ensaios e a apresentação de palestras sobre tópicos relacionados a Uganda. Em 1933, a sociedade transferiu sua sede para Kampala e decidiu editar uma publicação regular, The Uganda Journal (Diário de Uganda). O objetivo declarado do jornal era "reunir e publicar informações que possam acrescentar ao nosso conhecimento de Uganda e registrar tudo o que possa vir a se perder ao longo do tempo". Eram publicadas ...
Exibir mais 74 edições
Declaração da Independência. No Congresso, 4 de Julho de 1776, uma Declaração dos Parlamentares dos Estados Unidos da América, no Congresso Geral Reunido.
Este documento é a primeira versão impressa da Declaração de Independência Americana. Em 7 de junho de 1776, Richard Henry Lee, da Virgínia, apresentou uma resolução encorajando o Congresso, reunido na Filadélfia, para que este declarasse independência da Grã-Bretanha. Quatro dias depois, Thomas Jefferson, John Adams, Benjamin Franklin, Roger Sherman e Robert R. Livingston formaram uma comissão para elaborar uma declaração de independência. A proposta da comissão foi lida no Congresso em 28 de junho. Em 4 de julho, o Congresso aprovou a Declaração da Independência, contendo uma lista de ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Entrevista com Fountain Hughes, Baltimore, Maryland, 11 de junho de 1949
Aproximadamente 4 milhões de escravos foram libertados no final da Guerra Civil Americana. As histórias de alguns milhares foram transmitidas às gerações futuras por tradição oral, diários, cartas, registros ou transcrições de entrevistas. Apenas 26 entrevistas de ex-escravos gravadas em áudio foram encontradas, 23 das quais estão nas coleções do Centro da Cultura Popular Norte-Americana da Biblioteca do Congresso. Nesta entrevista, Fountain Hughes, de 101 anos, relembra sua infância como escravo, a Guerra Civil e sua vida nos Estados Unidos como um afro-americano, da década de 1860 até a década ...
Fornecido por Biblioteca do Congresso
Encerramento do espetáculo - Os bons e velhos tempos
No circo americano, o espetáculo era como um desfile que ocorria em volta da pista do hipódromo dentro da grande lona, ou tenda do circo, e trazia tantos artistas e animais quanto o diretor do circo conseguisse fantasiar. Remontando aos primeiros circos dos Estados Unidos, este tipo de espetáculo era uma performance extravagante de contos históricos ou literários para entreter e edificar o público. As fantasias criadas para os espetáculos normalmente eram exóticas e representavam culturas de toda parte do globo. As fantasias também podiam ser excêntricas, transformando a realidade ...
Sede de inverno do Circo Ringling, Sarasota, Flórida
John Ringling (1866–1936), um dos sete irmãos Ringling que dominaram o desenvolvimento do circo americano no final do século XIX e início do século XX, moveu a sede de inverno do Circo dos Irmãos Ringling e Barnum & Bailey de seu local original em Bridgeport, Connecticut, para Sarasota, Florida. A visão de Ringling, conforme relembrou Fred Bradna, diretor equestre do show, em seu livro The Big Top (A Grande Lona), era “dispor a sede como um zoológico, para que milhares de visitantes pagassem para ver. Construirei uma arena ao ar ...
Brochura dos dois navios da White Star Line: "Olympic" e "Titanic"
Essa brochura em dinamarquês, publicada em Copenhague em 1911 ou 1912, apresenta dois navios da empresa inglesa White Star Line, o Olympic e o Titanic. Inclusos estão fatos sobre a linha e sua frota, informações sobre passagens, horários e classes de serviço e ilustrações das salas de jantar, bibliotecas, cabines e convés. A brochura lista ainda as comodidades disponíveis a passageiros da segunda e terceira classe e apresenta os cardápios para café da manhã, almoço e jantar oferecidos em cada um dos sete dias de viagem pelo Atlântico. A publicação ...
Recibo de venda de Henry Walker para William Shakespeare, 1613
Este documento de negociação e venda, datado de 10 de março, de 1613, registra que William Shakespeare adquiriu uma casa de portaria no distrito de Blackfriars em Londres, de Henry Walker, cidadão de Londres e trovador. Shakespeare pagou adiantado 80 libras do preço total de venda de 140 libras, e no dia após a transferência, ele hipotecou as 60 libras restantes com Walker. William Johnson, cidadão de Londres e taberneiro e John Jackson e John Heminge, cavalheiros, foram os fiduciários representando os interesses de Shakespeare. Eles também se encarregaram da ...
O Primeiro Fólio de Shakespeare
Impresso no tamanho “fólio” grande, o Primeiro Fólio é a primeira edição de coletânea das peças de William Shakespeare. Foi compilado após sua morte em 1616 por dois de seus colegas atores, John Heminge e Henry Condell, e publicado em 1623. O livro contém o texto completo de 36 das peças de Shakespeare. Os principais editores foram Edward Blount (1565–1632), um livreiro e editor de Londres, e Isaac Jaggard (falecido em 1627), filho de William Jaggard (em torno de 1568–1623), um editor e impressor associado de longa data ...
Titus Andronicus
Esta cópia de Titus Andronicus de 1594 é a única cópia conhecida no formato quarto existente e juntamente com uma versão de Henrique VI, Parte 2 do mesmo ano, é a mais antiga peça de Shakespeare impressa que existe. Os quartos impressos após cerca de 1598 frequentemente exibem o nome William Shakespeare; como este é um quarto mais antigo, é exibido em vez disso o nome da companhia de teatro. As edições das peças em quartos, que começaram a surgir no final do século XVI e início do século XVII ...
Miscelânea de Trevelyon, 1608
Thomas Trevilian ou Trevelyon,um artesão de Londres do qual pouco se conhece, criou sua Miscelânea em 1608 quando tinha em torno de 60 anos. O volumoso manuscrito de 290 fólios em face dupla contém textos e imagens que foram retiradas de livros, xilogravuras e gravuras de sua época. A primeira parte do manuscrito (folhas 3 a 36) consiste em informações históricas e práticas: uma linha de tempo; um calendário ilustrado; provérbios moralizadores; uma série de tabelas de cálculo e diagramas astronômicos; listas de famílias ligadas a Guilherme, o Conquistador ...
Acordo final entre William Shakespeare e Hercules Underhill
O acordo final entre William Shakespeare e Hercules Underhill é a escritura definitiva conferindo a Shakespeare a posse da casa de New Place em Stratford-upon-Avon, assinada na Festa de São Miguel Arcanjo em 1602. Shakespeare adquiriu New Place de William Underhill originalmente em maio de 1597. Underhill foi envenenado dois meses depois por Fulke Underhill, seu filho mais velho e herdeiro, que foi enforcado por esse crime em 1599. Quando Hercules Underhill, o irmão mais novo de Fulke, atingiu a maioridade, Shakespeare protegeu seu título de posse de New Place ...
Rodovia Interamericana
A Rodovia Interamericana é a porção do sistema da Rodovia Pan-Americana que vai de Novo Laredo, no México, até a Cidade do Panamá, no Panamá, totalizando 5.390 quilômetros. O Primeiro Congresso Rodoviário Pan-Americano aconteceu em outubro de 1925, em Buenos Aires, Argentina, com patrocínio da União Pan-Americana. O congresso foi seguido por um programa de pesquisas e encontros posteriores para a discussão do desenvolvimento de um sistema rodoviário interamericano. Em outubro de 1929, representantes dos países da América Central, do México e dos Estados Unidos se encontraram no Panamá ...
Mapa das nações maias e suas línguas
Este mapa, de cerca de 1934, preparado para o Maya Society Quarterly e impresso pela Imprensa Nacional da Guatemala, exibe a distribuição das nações maias e suas línguas no que hoje é o sul do México, Guatemala e oeste de Honduras, no período entre 1000 e 1500. O mapa tem como base a pesquisa de William E. Gates (1863-1940), um maianista americano e colecionador de manuscritos mesoamericanos que trabalhou durante muitos anos na decifração da escrita hieroglífica maia. Entre as línguas mapeadas por Gates estão o maia (agora conhecido como ...
Produtos do México e da América Central
Este esboço cartográfico em preto e branco, que mostra os produtos do México e da América Central, foi preparado para ser publicado no Boletim da União Pan-Americana. Ele hoje é preservado pela Biblioteca do Memorial de Colombo da Organização dos Estados Americanos, organização sucessora da União Pan-Americana. Digitadas ou escritas no mapa estão as localizações tanto dos centros de agricultura, quanto dos de produção de minérios. O mapa exibe a produção mineral localizada principalmente no México, listando asfalto, carvão, ouro, chumbo, petróleo, pedras preciosas (opalas), mercúrio e prata. O México ...
Mapa das ferrovias argentinas
Entre 1880 e 1915, a malha ferroviária argentina foi expandida de 1.388 milhas (2.234 quilômetros) para 22.251 milhas (35.809 quilômetros) de extensão, o que a tornou a maior na América do Sul e a oitava maior do mundo. As ferrovias desempenharam um papel central no desenvolvimento econômico e na consolidação nacional, fazendo com que a Argentina se tornasse um importante exportador de trigo, carne e outros produtos. As ferrovias mais importantes foram construídas e pertenceram a empresas britânicas, que receberam concessões do governo argentino por conta ...
Ferrovias argentinas, 1899
Um intenso desenvolvimento ferroviário aconteceu na Argentina entre 1880 e 1916, um período de rápido crescimento econômico e consolidação nacional. As ferrovias possibilitaram que a Argentina se tornasse um importante exportador de trigo, carne e outros produtos. As ferrovias mais importantes foram construídas e pertenceram a empresas britânicas, que receberam concessões do governo argentino por conta de sua especialização técnica e capacidade de conseguir muitos recursos no mercado de Londres para financiar a construção. Este mapa de 1899, publicado pela Companhia da Ferrovia Buenos Aires ao Pacífico, de Londres, mostra ...
Mapa da Bolívia
Este mapa da Bolívia de 1894 destaca as principais características geográficas do país, incluindo as Cordilheiras dos Andes a oeste e as planícies a leste. O mapa exibe as principais cidades e vilarejos, as capitais dos departamentos, fronteiras departamentais, ferrovias completas e projetadas, rodovias e rios navegáveis. As minas de cobre, ouro, prata e estanho são indicadas, o que reflete o papel da Bolívia como um grande produtor de minerais. Partes adjacentes do Brasil, Paraguai, Argentina, Chile e Peru são mostradas. O território da parte nordeste do país, próximo à ...
Mapa da Bolívia, exibindo áreas florestais e de agricultura, e localidades de minérios
Este mapa de 1912 exibe a riqueza agricultural, florestal e mineral da Bolívia. A produção mineral aparece localizada principalmente na porção ocidental do país, na Cordilheira dos Andes ou próxima a ela. Estão indicados os locais de mineração que produzem antimônio, bismuto, cobre, ouro, chumbo, prata, volfrâmio e estanho, os principais produtos minerais da Bolívia. O estanho era explorado nos departamentos de Cochabamba, La Paz, Oruro e Potosí. A produção atingiu seu ápice no final do século XIX, início do século XX, já que a extensão da ferrovia até Oruro ...
Peru e Bolívia de Colton
Este mapa de 1855 do Peru e da Bolívia mostra características topográficas, cidades, vilarejos, fortes, corredeiras e rios. As fronteiras nacionais e regionais estão marcadas em rosa, verde, amarelo e azul. Um mapa inserido de Lima, a capital do Peru, aparece no canto inferior esquerdo. No canto superior direito está o Rio Madeira, formando parte da fronteira do Peru e Brasil, e o Rio Amazonas, cuja parte superior é conhecida no Peru como Marañón e, no Brasil, como Solimões. Uma nota indica a navegabilidade do Rio Ucayali até a Vuelta ...
Mapa da República da Colômbia
Este mapa de 1891 da Colômbia exibe as principais características físicas e as divisões administrativas do país. Ele exibe as fronteiras nacionais e departamentais, as capitais dos departamentos, outras cidades, vilarejos, ferrovias (completadas e projetadas) e rodovias. O atual território do Panamá, que só se tornou independente depois de 1903, ainda é mostrado como um departamento da Colômbia. A ferrovia que atravessa o Istmo do Panamá, de Colón até a Cidade do Panamá, está indicada, mas o Canal do Panamá ainda não havia sido construído. A parte oriental do país ...
Mapa da República da Costa Rica
Este mapa de 1891 da Costa Rica exibe as principais características físicas e as divisões administrativas do país. A legenda, no canto superior direito, está em espanhol e inglês. Estão indicadas no mapa a capital nacional, San José, capitais provinciais, principais cidades, cidades secundárias e rodovias (em operação, sob construção, projetadas e “contrato firmado, construção em breve”). As montanhas mais altas, vulcões e crateras são indicados pela legenda numerada, e sua altura é dada (com imprecisão) tanto em pés, quanto em metros. As sete províncias do país — Alajuela, Cartago, Guanacaste ...
Costa Rica
Este mapa da Costa Rica foi publicado pela Secretaria Internacional das Repúblicas Americanas (instituída em 1910 como União Pan-americana), uma agência estabelecida em 1890 em Washington D.C., pela resolução da Conferência Internacional dos Estados Americanos. A secretaria publicou guias, mapas e um boletim mensal para disseminar as informações relacionadas com a promoção do comércio entre os países das Américas. O mapa mostra as rotas das linhas de navios a vapor dos portos de Limón, Puntarenas e San Juan del Sur (Nicarágua), cabos submarinos telegráficos, ferrovias e a rota proposta ...
Costa Rica - de fontes oficiais e outras fontes
Este mapa de 1903 da Costa Rica foi publicado pela Secretaria Internacional das Repúblicas Americanas (instituída em 1910 como União Pan-americana), uma agência estabelecida em 1890 em Washington D.C., pela resolução da Conferência Internacional dos Estados Americanos. A secretaria publicou guias, mapas e um boletim mensal para disseminar as informações relacionadas com a promoção do comércio entre os países das Américas. O mapa mostra características físicas, como rios, lagos e montanhas, fronteiras internacionais e das províncias, e as rotas das linhas de barcos a vapor do porto de San ...
Cuba
Este detalhado mapa de Cuba foi publicado pela Rand McNally Company de Chicago em 1904. Ele exibe províncias, cidades e vilas principais e 18 ferrovias em operação no país na época. As seis províncias estão indicadas em cores distintas. Um grande mapa interno no canto superior direito mostra o porto e a cidade de Havana; a legenda na parte inferior do mapa principal indica os pontos de interesse em Havana. Mapas internos menores ilustram o porto de Matanzas, as baías de Cardenas e Santa Clara, o porto de Cienfuegos e ...
El Salvador - de fontes oficiais e outras fontes
Este mapa de 1903 de El Salvador foi publicado pela Secretaria Internacional das Repúblicas Americanas (instituída em 1910 como União Pan-americana), uma agência estabelecida em 1890 em Washington D.C., pela resolução da Conferência Internacional dos Estados Americanos. A secretaria publicou guias, mapas e um boletim mensal para disseminar as informações relacionadas com a promoção do comércio entre os países das Américas. O mapa mostra a capital San Salvador; as capitais dos departamentos e de outras cidades importantes; as fronteiras internacionais e departamentais; cabos submarinos, estações de telégrafo, estradas e ...
Mapa de rodovias da Jamaica
Este mapa, produzido nos anos de 1920 pelo Departamento de Transporte do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, mostra as rodovias e estações ferroviárias da Jamaica, que naquela época era uma colônia da Coroa Britânica. Também são mostradas as principais estradas e seus três condados—Cornwall, Middlesex e Surrey—e suas fronteiras. A escala do mapa é dada em milhas estatutárias (1 milha = 1,61 quilômetros). A Western Jamaica Connecting Railway (ferrovia conectora da Jamaica ocidental) foi construída em 1845. Percorrendo de Kingston até Angels uma distância de cerca de ...
Mapa militar, ilha de Porto Rico
Este mapa militar de Porto Rico foi publicado em 1898, ano no qual os Estados Unidos, no decorrer da Guerra Hispano-Americana, tomaram a ilha da Espanha. As hostilidades começaram em 12 de maio com um bloqueio e bombardeio da cidade de San Juan pela marinha norte-americana. Isso foi seguido pelo desembarque de uma força de 1.300 soldados norte-americanos na costa de Guánica em 12 de julho. No tratado de paz assinado em Paris em 10 de dezembro, 1898, os Estados Unidos adquiriram formalmente Porto Rico da Espanha, juntamente com ...
Ilhas das Índias Ocidentais e as abordagens ao canal do Panamá
Este grande mapa dobrado, publicado pelo Instituto Geográfico de Londres durante a Primeira Guerra Mundial mostra as ilhas do Mar do Caribe e as abordagens ao canal de Panamá. O canal foi aberto ao tráfego no início de 1914, logo antes do início da guerra. A proteção do canal contra uma possível sabotagem pelos alemães era uma preocupação dos estrategistas militares dos Estados Unidos na Primeira Guerra Mundial e, especialmente, durante a Segunda Guerra Mundial. O mapa mostra linhas de telégrafos, cabos submarinos e as distâncias em milhas náuticas das ...
Guiana Inglesa
Este mapa, preparado e impresso em 1908 pela Agência de Mapeamento, Southampton, Reino Unido, fornece uma visão relativamente detalhada da geografia da Guiana Inglesa (atual Guiana), uma das duas colônias britânicas no continente da América do Sul e América Central (a outra sendo Honduras Britânicas). Uma nota indica que a porção do mapa a norte dos 5° norte de latitude é de um mapa preparado pelo pesquisador do governo da Guiana Britânica, enquanto o restante do mapa “foi compilado de várias fontes e é menos confiável”. Grande parte do território ...
Mapa ferroviário das Honduras Britânicas
Este mapa, produzido na década de 1920 pelo Departamento de Transporte do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, mostra a rede ferroviária das Honduras Britânicas (atual Belize). No Tratado de Versalhes de 1783, o Império Espanhol concedeu à Grã-Bretanha o direito de explorar madeira na região entre os rios Hondo e Belize. Em 1862, a colônia da coroa das Honduras Britânicas foi estabelecida. Além da Guiana Inglesa, era a única posse britânica no continente da América Latina. A colônia foi importante para a Grã-Bretanha principalmente como fonte de campeche e ...
Uruguai
Este mapa do Uruguai foi publicado pela Secretaria Internacional das Repúblicas Americanas (instituída em 1910 como União Pan-americana), uma agência estabelecida em 1890 em Washington D.C., pela resolução da Conferência Internacional dos Estados Americanos. A secretaria publicou guias, mapas e um boletim mensal para disseminar as informações relacionadas com a promoção do comércio entre os países das Américas. O mapa mostra as fronteiras internacionais com o Brasil e Argentina, as principais cidades e vilas, províncias e fronteiras provinciais, ferrovias, cabos submarinos de telégrafo, rios navegáveis e a rota de ...
Mapa ferroviário de Trinidad
Este mapa, produzido pelo Departamento de Transporte do Departamento de Comércio dos Estados Unidos em 1925, mostra a rede ferroviária de Trinidad. A principal linha ferroviária em Trinidad foi a Ferrovia do Governo de Trinidad que foi originalmente construída em 1876 para conectar a grande cidade de Porto de Espanha com Arima. Mais tarde, ela foi expandida para outras cidades do interior. Além das linhas ferroviárias e de bondes, o mapa mostra cidades e condados e as fronteiras dos condados. Originalmente reivindicada pela Espanha por Cristóvão Colombo em 1498, Trinidad ...
Índias Ocidentais e a soberania das várias ilhas
Este mapa não datado das Índias Ocidentais da primeira metade do século XX foi produzido pela Divisão de Inteligência Militar do Estado-Maior do Departamento do Exército dos Estados Unidos. Ele mostra as posses norte-americanas, britânicas, francesas e holandesas na região, junto com as principais rotas comerciais, cabos submarinos de telégrafo de propriedade da Grã-Bretanha e dos Estados Unidos, e o local de estações de rádio privadas e governamentais. A defesa do Caribe contra possíveis incursões das potências europeias hostis era uma grande preocupação dos estrategistas militares dos Estados Unidos a ...