Filtrar Resultados:

Lugar

Período

Tópico

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Idioma

Instituição

29 resultados
Oblast de Sir Dária. Chegada dos judeus de Bucara à Kazalinsk
Esta fotografia faz parte da seção etnográfica do Álbum do Turquestão, um abrangente levantamento visual da Ásia Central realizado após a Rússia imperial assumir controle da região na década de 1860. Encomendado pelo General Konstantin Petrovich von Kaufman (1818 a 1882), o primeiro governador-geral do Turquestão Russo, o álbum está dividido em quatro partes, totalizando seis volumes: “Seção Arqueológica” (dois volumes); “Seção Etnográfica” (dois volumes); “Seção sobre o Comércio” (um volume) e “Seção Histórica” (um volume). O principal compilador foi o orientalista russo Aleksandr L. Kun, que foi auxiliado por ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Brochura dos dois navios da White Star Line: "Olympic" e "Titanic"
Essa brochura em dinamarquês, publicada em Copenhague em 1911 ou 1912, apresenta dois navios da empresa inglesa White Star Line, o Olympic e o Titanic. Inclusos estão fatos sobre a linha e sua frota, informações sobre passagens, horários e classes de serviço e ilustrações das salas de jantar, bibliotecas, cabines e convés. A brochura lista ainda as comodidades disponíveis a passageiros da segunda e terceira classe e apresenta os cardápios para café da manhã, almoço e jantar oferecidos em cada um dos sete dias de viagem pelo Atlântico. A publicação ...
Fornecido por
Biblioteca Real da Dinamarca
Solicitação de passaporte, Comitê Nansen em Berlim
O Comitê Internacional Nansen para os Refugiados foi autorizado pela Liga das Nações no outono de 1930 e iniciou suas operações no dia 1º de abril de 1931. Ele foi o sucessor da primeira agência internacional a lidar com refugiados, a Alta Comissão para os Refugiados, criada em junho de 1921 pela Liga das Nações sob a direção do explorador e estadista norueguês Fridtjof Nansen (1861 a 1930). O Secretariado da Liga assumiu a responsabilidade por refugiados internacionais e pessoas apátridas, encarregando o comitê Nansen de desempenhar suas responsabilidades nesta ...
Fornecido por
Biblioteca do Escritório das Nações Unidas em Genebra
Passaporte Nansen com selos
O passaporte Nansen era um certificado emitido pelo Comitê Internacional Nansen para os Refugiados como um substituto internacional de um passaporte comum, que permitia que pessoas apátridas ou privadas de seus passaportes nacionais entrassem e transitassem em outros países. O Comitê Nansen foi o sucessor da primeira agência internacional a lidar com refugiados, a Alta Comissão para Refugiados, criada em junho de 1921 pela Liga das Nações sob a direção do explorador e estadista norueguês Fridtjof Nansen (1861 a 1930). O Secretariado da Liga assumiu a responsabilidade por refugiados internacionais ...
Fornecido por
Biblioteca do Escritório das Nações Unidas em Genebra
Convenção sobre o Estatuto Internacional dos Refugiados
Este documento é o texto original datilografado da Convenção sobre o Estatuto Internacional dos Refugiados, que foi concluído em 28 de outubro de 1933, por cinco países — Bélgica, Bulgária, Egito, França e Noruega — e a que, subsequentemente, vários outros países aderiram. A convenção foi a mais ampla tentativa, da parte da Liga das Nações, de definir as responsabilidades dos Estados em relação aos refugiados. Ela surgiu a partir de quatro acordos multilaterais da Liga que foram adotados entre 1922 e 1928 em resposta a problemas de refugiados causados pela Primeira ...
Fornecido por
Biblioteca do Escritório das Nações Unidas em Genebra
Carta de renúncia de James G. McDonald, alto comissário para refugiados (judeus e outros) vindos da Alemanha
James G. McDonald era um diplomata americano que, em outubro de 1933, foi designado pelo Conselho da Liga das Nações como alto comissário para refugiados (judeus e outros) vindos da Alemanha. Seu mandato consistia em “negociar e dirigir” a “colaboração internacional” necessária para resolver os “problemas econômicos, financeiros e sociais” dos refugiados da Alemanha. McDonald ocupou esse cargo por mais de dois anos. Ele renunciou em dezembro de 1935, concluindo que “as condições na Alemanha que criam os refugiados se desenvolveram de maneira tão catastrófica que uma reconsideração de toda ...
Fornecido por
Biblioteca do Escritório das Nações Unidas em Genebra
O Diário de Uganda, Volume I, Número 1, janeiro de 1934
A Sociedade Literária e Científica de Uganda foi estabelecida em 1923 em Entebbe, no Protetorado de Uganda. Sua principal atividade era a leitura de ensaios e a apresentação de palestras sobre tópicos relacionados a Uganda. Em 1933, a sociedade transferiu sua sede para Kampala e decidiu editar uma publicação regular, The Uganda Journal (Diário de Uganda). O objetivo declarado do jornal era "reunir e publicar informações que possam acrescentar ao nosso conhecimento de Uganda e registrar tudo o que possa vir a se perder ao longo do tempo". Eram publicadas ...
Fornecido por
Biblioteca Nacional de Uganda
Exibir mais 1 edições
Mulberry Street, cidade de Nova Iorque
Esta foto-litografia da empresa Detroit Publishing documenta a vida movimentada das ruas da parte baixa do Parte Leste de Nova Iorque no início do século 20. Entre 1870 e 1915, a população de Nova Iorque mais do que triplicou, passando de 1.5 a 5 milhões. Em 1900, quando a foto foi tirada, imigrantes nascidos no exterior e seus filhos representavam um incrível 76% da população da cidade. Muitas vezes descrita como principal Rua da Little Italy, a Rua Mulberry era controlada pelos imigrantes Italianos a partir de 1890. Estes ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Sibéria e Migrantes
Noth século, o governo da Rússia incentivada oscamponeses a se deslocarem a partir da parte ocidental do império para terras incultas da Sibéria. Este livro foi concebido como guia para os camponeses interessados em reassentar. Continha informações sobre o clima e os solos da Sibéria, as condições e as oportunidades econômicas, as despesas essenciais de deslocação e a construção num novo local, bem como recomendações de comportamento para os migrantes em trânsito. O livro foi publicado em Khar'kov (Kharkiv, na Ucrânia) pela Khar'kov Sociedade de Expansão da Alfabetização ...
Fornecido por
Biblioteca Estatal da Rússia
Affidavit de Louie Young declarando ser ele o pai de Louie Jock Sung, e depoimento de testemunhas não-chinesas (documentos registrados na cidade de Nova Iorque)
Na primavera de 1882, o Ato de Exclusão Chinesa foi aprovado pelo Congresso e assinado pelo Presidente Chester A. Arthur. Este decreto concedeu uma moratória absoluta de dez anos sobre a imigração  de trabalhadores chineses. Pela primeira vez, uma lei federal proibia a entrada de um grupo étnico sob a premissa de que a imigração colocava em perigo a boa ordem de determinadas localidades. A aprovação do decreto marcou o auge de várias décadas de crescente hostilidade aos imigrantes chineses nos Estados Unidos, a qual era alimentada pela competição por ...
Fornecido por
Administração de Registros e Arquivos Nacionais
Declaração de Intenção de Maria von Trapp
Maria von Trapp tornou-se um nome familiar nos Estados Unidos quando sua história foi transformada no musical da Broadway de 1959, The Sound of Music (A Noviça Rebelde). Anteriormente, ela e sua família haviam imigrado da Áustria, sua terra natal, para os Estados Unidos, após a tomada do país pela Alemanha nazista. Esta Declaração de Intenção para se tornar cidadã dos Estados Unidos, submetida à Corte Distrital dos Estados Unidos em Burlington, Vermont, em 21 de janeiro de 1944, revela a verdadeira Maria von Trapp.
Fornecido por
Administração de Registros e Arquivos Nacionais
Declaração de Intenção de Albert Einstein
Em 1936, o físico Albert Einstein de origem Alemâ apresentou esta declaração de intenção de se tornar num cidadão Americano. Após a ascensão dos Nazistas na Alemanha em 1933 e com o início da perseguição dos Judeus Alemães, Einstein renunciou a sua cidadania Alemã e emigrou para os Estados Unidos assumindo o cargo de professor de Física Teórica em Princeton. Tendo como base esta declaração, o homem que primeiro propôs a teoria da relatividade em 1905 se tornou cidadão dos Estados Unidos em 1940.
Fornecido por
Administração de Registros e Arquivos Nacionais
Manual de Imigração para Colonos Escandinavos no Canadá, com Descrições Completas de Manitoba, os Territórios do Noroeste e a Columbia Britânica
Este manual de imigração foi publicado pelo Ministério do Interior canadense em 1889 com o objetivo expresso de recrutar colonos da Suécia. Inclui uma introdução ao Canadá e à sociedade canadense, um manual de procedimentos de imigração e uma descrição topográfica de Manitoba, dos Territórios do Noroeste e da Columbia Britânica. Especial atenção é dedicada aos assentamentos escandinavos já existentes.
Fornecido por
Biblioteca Nacional da Suécia
Chegada dos Migrantes [isto é, Imigrantes], Ilha Ellis
Este filme de Gottfried Wilhelm "Billy" Bitzer, da American Mutoscope e Biograph Company, encontra-se entre os primeiros filmes deste cineasta bem sucedido. É uma reminiscência dos filmes contemporâneos sobre a Ellis Island, produzidos pela Edison Manufacturing Company. Retrata cenas da Estação da Imigração e um cais próximo de Ellis Island. Parece mostrar, a princípio, um grupo de imigrantes enfileirados para embarcarem em um navio que deixa a ilha e, em seguida, outro grupo chegando à ilha e sendo encaminhado, por um oficial uniformizado, do cais até a estação. A Edison ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Retrato do Mergulhador de Esponja John M. Gonatos
A indústria de mergulho para coletar esponja, na Florida,desenvolveu-se na região de Tarpon Springs, começando no final do século XIX. Em 1891, o empresário John King Cheyney fundou a Anclote and Rock Island Sponge Company (Companhia de Esponja Anclote e Rock Island). Cheyney, inicialmente, colhia esponjas do fundo do Golfo do México, utilizando pessoal com ganchos nos barcos. Em 1897, Cheyney empregou um jovem comprador de esponja e perito técnico grego, John Cocoris, que explicou como os mergulhadores de esponja na Grécia, usando trajes de mergulho emborrachados, podiam colher ...
Fornecido por
Biblioteca e Arquivos dos Estado da Flórida
Refugiado Cubano Se Emociona Após sua Chegada em Key West, Flórida, vindo de Mariel, Cuba, Durante o Exôdo de Mariel
O Êxodo de Mariel foi uma saída em massa de cubanos do porto de Mariel, na ilha de Cuba, para a Flórida, entre abril e novembro de 1980. A partida de barco foi autorizada pelo governo de Fidel Castro, após vários anos de melhores relações entre Cuba e os Estados Unidos sob a presidência de Jimmy Carter, um período que coincidiu com uma grave recessão na economia cubana. É possível que aproximadamente 125.000 cubanos fizeram a viagem para a Flórida em embarcações superlotadas de tamanhos e condições de navegabilidade ...
Fornecido por
Biblioteca e Arquivos dos Estado da Flórida
Plano Breve e Conciso destinado a ser um Acôrdo Mútuo para Alguns Colonizadores Dispostos a ir para o Rio do Sul em Nova Holanda.
Pieter Cornelis Plockhoy foi um menonita e reformador social holandês, nascido na cidade de Zierikzee por volta de 1625. Mudou-se para Amsterdam em 1648, onde ficou bem conhecido nos círculos intelectuais da cidade. Em 1658, ele foi a Londres, onde tentou em vão obter o apoio de Oliver Cromwell, o antimonarquista Lorde Protetor da Comunidade, para o estabelecimento de utópicas colônias na Inglaterra. Plockhoy retornou aos Países Baixos em 1661 e em 1662 fechou um contrato com os magistrados de Amsterdam para o estabelecimento de uma colônia no Rio (Delaware ...
Fornecido por
Biblioteca Nacional dos Países Baixos
Mapa do emigrante e guia de rotas para a América do Norte
Este mapa de Gotthelf Zimmermann reflete a importância da imigração alemã para a América do Norte em meados do século XIX. Quando a Revolução de 1848 não conseguiu produzir as reformas desejadas dentro da confederação alemã, multidões de alemães desiludidos almejaram ir para o exterior. Mapas como este ajudaram a mostrar-lhes o caminho. Na época, as terras nos Estados Unidos eram baratas, férteis e abundantes, tornando-as uma escolha perfeita para os imigrantes ansiosos por estabelecer novas colônias e começar vidas novas. As comunidades alemãs nos Estados Unidos tornaram-se tão predominantes ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Não seja enganado, fique do lado da Alemanha!
Este pôster, publicado em Berlim em 1919, mostra um homem polonês sentado em um posto fronteiriço polonês mandando um casal para a Polônia através de gestos. Atrás dele, há nuvens formando a imagem de um homem com muito o que comer. O casal do lado alemão da fronteira passa pelo homem; o homem alemão levanta a mão como se estivesse protegendo o casal, e o texto diz: “Não seja enganado, fique do lado da Alemanha!” Após a derrota da Alemanha e da Áustria-Hungria na Primeira Guerra Mundial, os aliados vitoriosos ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Muitos povos - Uma nação
Durante a Primeira Guerra Mundial, o presidente Woodrow Wilson e outros líderes políticos dos EUA estavam apreensivos com a falta de unidade entre o povo americano. Eles se preocupavam particularmente com a possibilidade de que os chamados americanos hifenizados, isto é, americanos nascidos no exterior ou de língua estrangeira, viessem a se mostrar desleais. Por exemplo, os irlandeses-americanos poderiam estar incomodados com o governo britânico na Irlanda ou os teuto-americanos poderiam se mostrar simpáticos à Alemanha. Em resposta, líderes americanos iniciaram uma ampla campanha de “americanização” que envolvia tanto agências ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso
Esta é a aparência dos emigrantes poloneses
Este pôster de 1919 foi criado como parte de uma campanha para convencer as pessoas de etnia alemã da Alta Silésia a votarem em favor de manter a província como parte da Alemanha após a Primeira Guerra Mundial. O pôster apela aos votantes alemães representando pessoas de etnia alemã empobrecidas deixando a Polônia. O texto completo diz: “Esta é a aparência dos emigrantes poloneses, e você também se parecerá com eles se a Silésia se tornar parte da Polônia. Alto-silesianos! Permaneçam com a nova Alemanha!” Localizada na atual região sudoeste ...
Fornecido por
Biblioteca do Congresso