Descrição

  • Essa pintura a guache foi criada por um artista indiano desconhecido, na metade do século XVIII, mas retrata um evento anterior: o cerco da cidade de Golconda, no centro-sul da Índia, pelo último grande imperador mogol, Aurangzeb (que reinou entre 1658 e 1707). Golconda era famosa por seu forte, seus palácios, fábricas e um sistema engenhoso de abastecimento de água, além de uma riqueza fabulosa vinda da mina de diamantes da cidade. Aurangzeb era sunita, enquanto as autoridades do Decão eram xiitas que aceitavam a suserania do Xá da Pérsia e resistiam ao expansionismo mogol. Sob o comando do próprio imperador, a cidade ficou sitiada por oito meses. Ela se rendeu em outubro de 1687, em resultado de um suborno. No primeiro plano da pintura, o velho imperador está sentado em um liteira com criados, supervisionando a cavalaria e a artilharia locais no ataque à cidade murada e fortificada ao fundo. Há uma fenda nos muros de arenito, pela qual passam as tropas mogóis. A pintura pertence à Coleção Militar Anne S.K. Brown da Biblioteca da Universidade de Brown.

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

  • Emperor Aurangzeb at the Siege of Golconda, 1687

Lugar

Período

Tópico

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

  • 1 guache; 23,4 x 32 cm

Coleção

Instituição