Descrição

  • No Japão, colecionar conchas marinhas e decorá-las com poemas é um passatempo elegante que data de tempos antigos. Shiohi no tsuto (Presentes da maré vazante, popularmente conhecido em inglês comoO livro da concha), é um livro ilustrado de xilogravuras multicoloridas de Kitagawa Utamaro (por volta de 1753-1806). Estes ehon (livros ilustrados) fazem parte de uma longa tradição com o belo trabalho de colaboração de artistas, calígrafos, escritores, papeleiros, cortadores de bloco e impressores. Esta gravura, publicada por volta de 1789 por Tsutaya Juzaburo, possui 36 kyōka (poemas japoneses satíricos e engraçados de 31 sílabas) de diversos poetas que ilustram as 36 conchas. O livro começa com uma cena de shiohigari, (cavar molusco), seguida por seis páginas de desenhos elaborados de conhas com o Kyoka e conclui com uma cena do jogo de correspondência de concha. Em algumas páginas foram aplicados pó de metal, pó de conchas e madrepérola para transmitir brilho ou reflexo de luz. A textura melhorada foi conseguida pressionando-se pedra esculpida contra o papel sem tinta (relevo cego).

Artista

Data de Criação

Informação da Publicação

  • Tsutaya Jûzaburô, Edo

Idioma

Título no Idioma Original

  • 潮干のつと

Lugar

Período

Tópico

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

  • 1 livro: xilogravuras, coloridas; 27,4 x 19,4 centímetros

Instituição