Registros da Biblioteca Imperial de Song do Sul

Descrição

Esta obra é um relato da Biblioteca Imperial (Zhong xing guan) durante a dinastia Song do Sul (1127-1279). Foi compilada por Chen Gui (1128-1203), que obteve o grau jinshi em 1150 e tornou-se um funcionário da biblioteca. Editada por volta de 1265-1274, ela traça a história da Biblioteca Imperial, desde o início de Song do Sul. A obra registra os nomes dos funcionários da biblioteca, seus salários, suas posições e suas atividades diárias e fornece informações sobre as funções básicas da biblioteca, incluindo a aquisição de livros, a organização, a manutenção da coleção, bem como a edição, a compilação e a impressão. Nesta cópia está faltando um volume sobre a história da biblioteca. Ela é acompanhada por um suplemento de 10 juan, o qual não tem o volume sobre os estipêndios. Os juans 7 e 8 do suplemento fornecem os nomes e os títulos dos funcionários até o ano de 1269, mas eles foram impressos com um tipo diferente, provavelmente dos primeiros anos da dinastia Yuan. Esta obra está incluída na Si ku quan shu (A coleção Siku), que foi compilada na dinastia Qing e, como fonte, foi usada a enciclopédia Ming Yongle da dian (publicada no reinado de Yongle, 1403-1424). O livro foi raramente visto após a dinastia Ming. Algumas edições copiadas à mão podem ser encontradas em coleções particulares, que muitas vezes continham erros. Esta cópia encontrava-se anteriormente na coleção de Huang Raopu (1763-1825), um bibliófilo e colecionador de livros da edição Song. Posteriormente, foi para as coleções de cinco outros colecionadores famosos antes de vir para a Biblioteca Nacional Central. A obra é semelhante a outra compilação, Lin tai gu shi (Histórias da Biblioteca Imperial), de Cheng Ju (1078-1144).

Última Atualização: 9 de novembro de 2011