Descrição

  • Christiaan Huygens (1629–1695) nasceu em Haia, nos Países Baixos, numa proeminente família holandesa. Diferentemente de seu avô, pai e irmão que serviram como secretários e diplomatas à Casa de Orange reinante, Huygens dedicou-se à ciência e à matemática. Ele publicou três livros matemáticos, produziu manuscritos sobre hidrostática, escreveu um trabalho sobre a colisão dos corpos elásticos, fez pesquisas sobre a força centrífuga e inventou o relógio de pêndulo. Huygens era especialmente intrigado pelo planeta Saturno, cujas "asas" salientes eram visíveis atráves de telescópios daquela época, mas impossíveis de se explicar. Com seu irmão Constantijn, Huygens construiu um poderoso telescópio com o qual ele esperava desvendar os mistério da aparência incomum de Saturno. Huygens descobriu a lua de Saturno, Titã, e apresentou a teoria de que o planeta era circundado por um anel fino e plano. Em 1659, Huygens publicou seu Systema Saturnium, no qual calculou que a lua de Saturno levava um pouco menos de 16 dias para orbitar o planeta e apresentou evidências para sua teoria de que Saturno era circundado por um anel inclinado 20 graus em relação ao plano da órbita de Saturno. O inventor americano, colecionador de livros e filantropo, Bern dibner (1897-1988), selecionou o Systema Saturnium como um dos “Arautos da Ciência,” os 200 títulos mais significativos para o desenvolvimento da ciência e tecnologia da ocidental.

Autor

Data de Criação

Informação da Publicação

  • Adriaan Vlacq, A Haia

Idioma

Título no Idioma Original

  • Systema Saturnium

Lugar

Período

Tópico

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

  • 84 páginas, 1 placa dobrada: ilustrada (xilogravura); 20 centímetros

Instituição